none
O que o windows 2008 server tem de novidade?

    Question

  • Ola pessoal!!

    Gostaria que alguem que conheça de infra - servidores, possa me explicar o que windows 2008 server tem novidades em relação a versao 2003 e em relação a outros servidores linux-based, em quesito de segurança.

    Tambem um detalhe mais tecnico, como funciona o gerenciamento de memoria, processos e a comuninação entre processos , a algo de diferente ?


    Grato

    Manoel Valerio
    Saturday, February 28, 2009 3:12 PM

Answers

  •  

    Olá, segue abaixo algumas novidades:

     


    - Console de Gerenciamento de Impressão (PMC): Originalmente presente no Windows Server 2003 R2, o PMC fará parte nativamente de todas as versões do Windows Server 2008. O PMC permite visualizar rapidamente todas as impressoras presentes numa rede. Além disso, políticas de grupo podem ser aplicadas a cada impressora, criando um gerenciamento completamente controlado das mesmas.

    - Auditpol: Esta ferramenta de linha de comando permite configurar, fazer backup e restaurar políticas de auditoria em qualquer computador. Segundo Ralston, a ferramenta permite criar rapidamente relatórios de centenas de cenários diferentes, eliminando a necessidade de programas de terceiros para tais tarefas.

    - Windows Remote Shell (WinRS): Para se conectar via prompt de comando num computador remoto no Windows Server 2003, o administrador pode usar o Terminal Services. O serviço é eficiente, mas exige uma janela console para cada conexão. O WinRS cria conexões remotas seguras sem a necessidade de várias janelas.

    - Encaminhamento de eventos: Este benefício estará disponível em cenários onde as estações de trabalho usam o Windows Vista. A funcionalidade reúne e encaminha logs de máquinas escolhidas para um console central, tornando o gerenciamento mais eficiente. O administrador poderá 'cadastrar' estações de trabalho para que estas enviem informações sobre seu funcionamento, revelando causas de possíveis problemas.

    - Serviço de Gerenciamento de Direitos Active Directory (AD RMS): No Windows 2003, o serviço era conhecido como Windows Rights Management Services. Agora, a funcionalidade faz parte do Windows Server 2008 e com melhorias. O AD RMS ajuda na criação de arquivos com direitos digitais e informações de licenciamento protegidas, garantindo que apenas usuários autorizados acessam os dados protegidos.

    - Novas polícias de senhas: No Active Directory, o domínio é uma fronteira de segurança. No Windows Server 2003, esta fronteira apresentava a restrição de uma política de senha por domínio. Com o Windows Server 2008, você não precisa criar nos domínios para ter novas políticas de senha - basta adicionar as políticas a grupos ou usuários específicos.

    - Melhorias nas Políticas de Grupo (GP): As mudanças no conjunto de políticas de grupo facilitam o trabalho de administradores. Agora, um banco de dados do próprio sistema operacional poderá ser usado para visualizar rapidamente as opções escolhidas em cada política, sem a necessidade de se usar programas ou arquivos externos. Muitos administradores usavam planilhas do Excel para este trabalho.

    - Mais melhorias nas Políticas de Grupo (GP): O administrador agora poderá adicionar comentários personalizados em cada política, o que facilitará o trabalho do próprio usuário e de outros administradores. Com isso, um administrador poderá escrever na própria política a justificativa para a opção, acabando com os problemas relacionados aos casos de "porque esta opção está ativada mesmo?".

    - Facilidade de instalação: A instalação de um sistema operacional sempre é um ponto delicado nos ambientes corporativos. Ward Ralston, Program Manager do Windows Server 2008, explicou que o sistema terá ferramentas próprias para instalação, uso em massa e manutenção para facilitar o trabalho dos administradores.

    - Possível aumento na velocidade de redes: As redes são cada vez mais usadas e com mais dados. O problema está nas tecnologias de gerenciamento que não aproveitam todo o potencial dos hardwares atuais. Segundo Ralston, "é como ter um caminhão baú e carregar apenas uma caixa de sapatos por viagem". Mas o Windows Server 2008 poderá carregar pacotes até oito vezes maiores do que as tecnologias atuais. Isso significa que uma rede bem configurada pode realmente ser oito vezes mais eficiente.

    O documento, em formato de tabela, traz uma série de itens de segurança separado em grupos como Servidor de Aplicação, Serviços de Diretório, DNS entre outros, que compara de maneira fácil o que está contido nas duas plataformas (WIndows\RedHat).

     


    Eduardo José Kieling -- MCITP Server Administrator
    Wednesday, May 12, 2010 11:02 AM
  • Thursday, May 13, 2010 2:45 PM

All replies

  •  

    Olá, segue abaixo algumas novidades:

     


    - Console de Gerenciamento de Impressão (PMC): Originalmente presente no Windows Server 2003 R2, o PMC fará parte nativamente de todas as versões do Windows Server 2008. O PMC permite visualizar rapidamente todas as impressoras presentes numa rede. Além disso, políticas de grupo podem ser aplicadas a cada impressora, criando um gerenciamento completamente controlado das mesmas.

    - Auditpol: Esta ferramenta de linha de comando permite configurar, fazer backup e restaurar políticas de auditoria em qualquer computador. Segundo Ralston, a ferramenta permite criar rapidamente relatórios de centenas de cenários diferentes, eliminando a necessidade de programas de terceiros para tais tarefas.

    - Windows Remote Shell (WinRS): Para se conectar via prompt de comando num computador remoto no Windows Server 2003, o administrador pode usar o Terminal Services. O serviço é eficiente, mas exige uma janela console para cada conexão. O WinRS cria conexões remotas seguras sem a necessidade de várias janelas.

    - Encaminhamento de eventos: Este benefício estará disponível em cenários onde as estações de trabalho usam o Windows Vista. A funcionalidade reúne e encaminha logs de máquinas escolhidas para um console central, tornando o gerenciamento mais eficiente. O administrador poderá 'cadastrar' estações de trabalho para que estas enviem informações sobre seu funcionamento, revelando causas de possíveis problemas.

    - Serviço de Gerenciamento de Direitos Active Directory (AD RMS): No Windows 2003, o serviço era conhecido como Windows Rights Management Services. Agora, a funcionalidade faz parte do Windows Server 2008 e com melhorias. O AD RMS ajuda na criação de arquivos com direitos digitais e informações de licenciamento protegidas, garantindo que apenas usuários autorizados acessam os dados protegidos.

    - Novas polícias de senhas: No Active Directory, o domínio é uma fronteira de segurança. No Windows Server 2003, esta fronteira apresentava a restrição de uma política de senha por domínio. Com o Windows Server 2008, você não precisa criar nos domínios para ter novas políticas de senha - basta adicionar as políticas a grupos ou usuários específicos.

    - Melhorias nas Políticas de Grupo (GP): As mudanças no conjunto de políticas de grupo facilitam o trabalho de administradores. Agora, um banco de dados do próprio sistema operacional poderá ser usado para visualizar rapidamente as opções escolhidas em cada política, sem a necessidade de se usar programas ou arquivos externos. Muitos administradores usavam planilhas do Excel para este trabalho.

    - Mais melhorias nas Políticas de Grupo (GP): O administrador agora poderá adicionar comentários personalizados em cada política, o que facilitará o trabalho do próprio usuário e de outros administradores. Com isso, um administrador poderá escrever na própria política a justificativa para a opção, acabando com os problemas relacionados aos casos de "porque esta opção está ativada mesmo?".

    - Facilidade de instalação: A instalação de um sistema operacional sempre é um ponto delicado nos ambientes corporativos. Ward Ralston, Program Manager do Windows Server 2008, explicou que o sistema terá ferramentas próprias para instalação, uso em massa e manutenção para facilitar o trabalho dos administradores.

    - Possível aumento na velocidade de redes: As redes são cada vez mais usadas e com mais dados. O problema está nas tecnologias de gerenciamento que não aproveitam todo o potencial dos hardwares atuais. Segundo Ralston, "é como ter um caminhão baú e carregar apenas uma caixa de sapatos por viagem". Mas o Windows Server 2008 poderá carregar pacotes até oito vezes maiores do que as tecnologias atuais. Isso significa que uma rede bem configurada pode realmente ser oito vezes mais eficiente.

    O documento, em formato de tabela, traz uma série de itens de segurança separado em grupos como Servidor de Aplicação, Serviços de Diretório, DNS entre outros, que compara de maneira fácil o que está contido nas duas plataformas (WIndows\RedHat).

     


    Eduardo José Kieling -- MCITP Server Administrator
    Wednesday, May 12, 2010 11:02 AM
  • Thursday, May 13, 2010 2:45 PM
  •  

    Olá, segue abaixo algumas novidades:

     


    - Console de Gerenciamento de Impressão (PMC): Originalmente presente no Windows Server 2003 R2, o PMC fará parte nativamente de todas as versões do Windows Server 2008. O PMC permite visualizar rapidamente todas as impressoras presentes numa rede. Além disso, políticas de grupo podem ser aplicadas a cada impressora, criando um gerenciamento completamente controlado das mesmas.

    - Auditpol: Esta ferramenta de linha de comando permite configurar, fazer backup e restaurar políticas de auditoria em qualquer computador. Segundo Ralston, a ferramenta permite criar rapidamente relatórios de centenas de cenários diferentes, eliminando a necessidade de programas de terceiros para tais tarefas.

    - Windows Remote Shell (WinRS): Para se conectar via prompt de comando num computador remoto no Windows Server 2003, o administrador pode usar o Terminal Services. O serviço é eficiente, mas exige uma janela console para cada conexão. O WinRS cria conexões remotas seguras sem a necessidade de várias janelas.

    - Encaminhamento de eventos: Este benefício estará disponível em cenários onde as estações de trabalho usam o Windows Vista. A funcionalidade reúne e encaminha logs de máquinas escolhidas para um console central, tornando o gerenciamento mais eficiente. O administrador poderá 'cadastrar' estações de trabalho para que estas enviem informações sobre seu funcionamento, revelando causas de possíveis problemas.

    - Serviço de Gerenciamento de Direitos Active Directory (AD RMS): No Windows 2003, o serviço era conhecido como Windows Rights Management Services. Agora, a funcionalidade faz parte do Windows Server 2008 e com melhorias. O AD RMS ajuda na criação de arquivos com direitos digitais e informações de licenciamento protegidas, garantindo que apenas usuários autorizados acessam os dados protegidos.

     


    Eduardo José Kieling -- MCITP Server Administrator

    - Novas polícias de senhas: No Active Directory, o domínio é uma fronteira de segurança. No Windows Server 2003, esta fronteira apresentava a restrição de uma política de senha por domínio. Com o Windows Server 2008, você não precisa criar nos domínios para ter novas políticas de senha - basta adicionar as políticas a grupos ou usuários específicos.

    - Melhorias nas Políticas de Grupo (GP): As mudanças no conjunto de políticas de grupo facilitam o trabalho de administradores. Agora, um banco de dados do próprio sistema operacional poderá ser usado para visualizar rapidamente as opções escolhidas em cada política, sem a necessidade de se usar programas ou arquivos externos. Muitos administradores usavam planilhas do Excel para este trabalho.

    - Mais melhorias nas Políticas de Grupo (GP): O administrador agora poderá adicionar comentários personalizados em cada política, o que facilitará o trabalho do próprio usuário e de outros administradores. Com isso, um administrador poderá escrever na própria política a justificativa para a opção, acabando com os problemas relacionados aos casos de "porque esta opção está ativada mesmo?".

    - Facilidade de instalação: A instalação de um sistema operacional sempre é um ponto delicado nos ambientes corporativos. Ward Ralston, Program Manager do Windows Server 2008, explicou que o sistema terá ferramentas próprias para instalação, uso em massa e manutenção para facilitar o trabalho dos administradores.

    - Possível aumento na velocidade de redes: As redes são cada vez mais usadas e com mais dados. O problema está nas tecnologias de gerenciamento que não aproveitam todo o potencial dos hardwares atuais. Segundo Ralston, "é como ter um caminhão baú e carregar apenas uma caixa de sapatos por viagem". Mas o Windows Server 2008 poderá carregar pacotes até oito vezes maiores do que as tecnologias atuais. Isso significa que uma rede bem configurada pode realmente ser oito vezes mais eficiente.

    O documento, em formato de tabela, traz uma série de itens de segurança separado em grupos como Servidor de Aplicação, Serviços de Diretório, DNS entre outros, que compara de maneira fácil o que está contido nas duas plataformas (WIndows\RedHat).

     


     Auditpol explicar melhor o que essa "ferramenta faz..

    ela pega os nomes de usuários do dominio, o nome do documento que foi mandado para impressora, hora, data, ip

    ou esse  Auditpol nem e relacionado a gerenciamento de impressão?

    no aguardo da resposta

    Obrigado.


    Carlos Magno Teixeira - MCP, MCDST, MCTS
    Thursday, January 27, 2011 11:52 PM