none
Qual o tipo de dados do sql server usar para armazenar arquivo de musica;

    Question

  • Olá pessoal

    Alguem já passou pela seguinte dúvida?, qual o tipo de dados do MS-SQLSERVER utilizar para um campo que deve armazenar músicas. por, exp. MP3, MP4, ou outros formatos de musica.?

    takeo


    um desenvolver buscando um aprendizado cada vez mais solido
    • Moved by Leonardo Bruno Lima Monday, March 22, 2010 1:00 PM Pertinente ao fórum de SQL (De:VB.NET e Visual Basic)
    Sunday, March 21, 2010 10:57 PM

Answers

  • Olá Ricardo,

    O FileStream não suporta o recurso de compressão do SQL Server 2008. Entretanto, é possível que o diretório onde os arquivos estão armazenados sejam comprimidos com a compressão NTFS. No caso de MP3 não acho que haja muito a comprimir, mas para outros arquivos como .doc, .xls, etc pode ser interessante.

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com

    Como descobrir a data do último acesso a uma tabela ?
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com/blog/cns!F4F5C630410B9865!964.entry


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    Monday, March 22, 2010 4:50 PM
    Moderator
  • Bom Dia,

    Se estiver com o SQL Server 2005 o melhor tipo é o VARBINARY(MAX). Se estiver com o 2008 a implementação de FILESTREAM é mais interessante. Embora ambos permitam, não recomendo salvar esse tipo de estrutura no banco de dados. Gravar pode até ser "fácil", mas não sei se o banco irá responder performaticamente quando vários usuários requisitarem esses arquivos.

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com

    Como descobrir a data do último acesso a uma tabela ?
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com/blog/cns!F4F5C630410B9865!964.entry 


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    Monday, March 22, 2010 1:29 PM
    Moderator
  • Ricardo,

    concordo com o Gustavao, taxa de compressão de arquivos de música é muito baixa. Isso ocorre pois a compressão se baseia em padrões de repetição do conteúdo do arquivo. Por exemplo, um arquivo txt contendo mil vezes a string  "asdf" vai ter taxa de compressão muito maior do que um que contenha strings aleatórias distintas. O zip por exemplo trocaria no primeiro arquivo todas ocorrências de "asdf" por um token, que ficaria no cabeçalho do arquivo. Ao longo do arquivo, a ocorrência não é repetida, mas é colocado o token.


    Se a resposta resolveu sua questão ou problema, classifique-a para manter a qualidade do forum e a confiabilidade dos participantes.

    Alex M. Bastos
    http://bastosalex.spaces.live.com
    Monday, March 22, 2010 5:46 PM
  • Ricardo,

     

    Concordo plenamente com os colegas.

    Quando falamos em determinados tipos de arquivos, como .mp3, .jpg, .gif entre outros eu particularmente prefiro deixar este tipo de arquivo fora do banco de dados, mesmo que este tipo de funcionalidade esteja presente em produtos como SQL Server, Oracle, entre outros, por questões de desempenho, armazenamento de dados eu prefiro deixar fora.

    Mas com o SQL Server 2008 o recurso de FileStream é bem interessante e prático, é uma forma nova de poder trabalhar com os recursos NTFS.


    Pedro Antonio Galvão Junior - MVP - Windows Server System - SQL Server/Coordenador de Projetos/DBA
    Monday, March 22, 2010 7:32 PM

All replies

  • Posta a tua dúvida aqui;

     

    http://social.msdn.microsoft.com/Forums/pt-BR/520/threads

    Monday, March 22, 2010 11:54 AM
  • Bom Dia,

    Se estiver com o SQL Server 2005 o melhor tipo é o VARBINARY(MAX). Se estiver com o 2008 a implementação de FILESTREAM é mais interessante. Embora ambos permitam, não recomendo salvar esse tipo de estrutura no banco de dados. Gravar pode até ser "fácil", mas não sei se o banco irá responder performaticamente quando vários usuários requisitarem esses arquivos.

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com

    Como descobrir a data do último acesso a uma tabela ?
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com/blog/cns!F4F5C630410B9865!964.entry 


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    Monday, March 22, 2010 1:29 PM
    Moderator
  • Interessante essa idéia.

    Os arquivos como por exemplo ".mp3" se armazenados como FileStream ficariam com tamanho reduzido? Seria possível "tocar" um mp3 a partir de um armazenamento deste tipo?


    http://ricardomura.spaces.live.com
    Monday, March 22, 2010 1:59 PM
  • Olá Ricardo,

    O FileStream não suporta o recurso de compressão do SQL Server 2008. Entretanto, é possível que o diretório onde os arquivos estão armazenados sejam comprimidos com a compressão NTFS. No caso de MP3 não acho que haja muito a comprimir, mas para outros arquivos como .doc, .xls, etc pode ser interessante.

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com

    Como descobrir a data do último acesso a uma tabela ?
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com/blog/cns!F4F5C630410B9865!964.entry


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    Monday, March 22, 2010 4:50 PM
    Moderator
  • Ricardo,

    concordo com o Gustavao, taxa de compressão de arquivos de música é muito baixa. Isso ocorre pois a compressão se baseia em padrões de repetição do conteúdo do arquivo. Por exemplo, um arquivo txt contendo mil vezes a string  "asdf" vai ter taxa de compressão muito maior do que um que contenha strings aleatórias distintas. O zip por exemplo trocaria no primeiro arquivo todas ocorrências de "asdf" por um token, que ficaria no cabeçalho do arquivo. Ao longo do arquivo, a ocorrência não é repetida, mas é colocado o token.


    Se a resposta resolveu sua questão ou problema, classifique-a para manter a qualidade do forum e a confiabilidade dos participantes.

    Alex M. Bastos
    http://bastosalex.spaces.live.com
    Monday, March 22, 2010 5:46 PM
  • Ricardo,

     

    Concordo plenamente com os colegas.

    Quando falamos em determinados tipos de arquivos, como .mp3, .jpg, .gif entre outros eu particularmente prefiro deixar este tipo de arquivo fora do banco de dados, mesmo que este tipo de funcionalidade esteja presente em produtos como SQL Server, Oracle, entre outros, por questões de desempenho, armazenamento de dados eu prefiro deixar fora.

    Mas com o SQL Server 2008 o recurso de FileStream é bem interessante e prático, é uma forma nova de poder trabalhar com os recursos NTFS.


    Pedro Antonio Galvão Junior - MVP - Windows Server System - SQL Server/Coordenador de Projetos/DBA
    Monday, March 22, 2010 7:32 PM