none
De Desenvolvimento para Infra-estrutura

    Pergunta

  • Olá a todos,

    Gostaria de dividir um pouco da minha historia com vocês pode ser?

    Bom eu trabalho com informática desde 2006, onde fiz um curso técnico de montagem, manutenção e redes de computadores na extinta S.O.S Computadores, montei uma pequena lan house em casa e desde então comecei a trabalhar por conta própria. Comecei a fazer todo tipo de manutenção para usuários domésticos e de pequenas empresas sempre conciliando com a lan house. Sempre gostei muito de trabalhar com pessoas e mais ainda com informática. Em 2009, por conta já do grande crescimento em cursos oferecidos em informática e pelos os preços das peças terem baixado muito, comecei a achar que trabalhar com suporte e infraestrutura por conta própria e com a lan house não valeria mais tanto a pena. Enquanto eu trabalhava com qualidade e garantias de o cliente sempre ficar satisfeito, tinham vários outros “profissionais” que cobravam preços muito a baixo do que o normal e acabavam por denegrir a imagem dos técnicos em informática Em julho de 2009 meio triste com essa área de suporte técnico resolvi começar a fazer faculdade de Analise e Desenvolvimento de Sistemas na Estacio-FIC. No primeiro semestre vi que não era bem o que eu queria, não conseguia me achar no curso, e não gostava de algorítimos e muito menos de programar, mas mesmo assim por achar que seria apenas o primeiro semestre resolvi continuar e tentar realmente aprender e a me dedicar a essa área de programação. Em dezembro de 2010 consegui um estagio no valor de R$ 440,00 mais ajuda de custo em uma transportadora, chegando lá vi que era na parte de suporte técnico e Help Desk. No primeiro momento não gostei muito, mas depois de alguns meses comecei a gostar daquilo, me via em um mundo que me dava prazer, que eu tinha prazer em acordar de manha para ir trabalhar. Com 6 meses me destaquei na empresa e fui efetivado, mesmo ganhando um pouco mais (em torno de R$ 850,00) do que quando era estagiário, resolvi então encerrar a lan house ali, e ficar apenas com algumas manutenções aos finais de semana. Atualmente, estou no 3º Semestre da faculdade de ADS meio que empurrando com a barriga, aprendi bastante coisa de programação mesmo não gostando. Acho que por já ter 28 anos, e por faltar apenas 1 ano para me formar, fiquei com medo de trancar a faculdade e começar outra de redes por exemplo. Daí é que vem a parte em que vivo hoje, recebi uma proposta de um amigo que é programador para trabalhar em uma boa empresa de tecnologia para ganhar bem mais do que ganhava na outra como técnico de suporte. Então pensando no dinheiro resolvi aceitar a proposta dele e resolvi sair da transportadora. Estou a três meses nessa nova empresa, estou em um ambiente de trabalho ótimo, com ótimos profissionais e grandes chances de crescimento. Mas mesmo assim, desde que cheguei aqui não me sinto bem em programar, não tenho a mesma vontade e o mesmo prazer que tinha quando trabalhava com Infraestrutura/suporte, na verdade não tenho vontade nenhuma, estou sentindo a mesma coisa de quando comecei a faculdade, sendo que dessa vez eu sei que não irá mudar com o passar do tempo, tenho certeza que não é isso que eu quero fazer pro resto da minha vida. Hoje tenho total certeza de que meu lugar é na Infraestrutura/suporte, fazendo uma faculdade de Tecnólogo em Redes, e posteriormente quem sabe fazendo uma pós graduação como Administrador de Redes por exemplo. Conversando com minha noiva e com minha mãe, mesmo elas relutando e achando que isso é uma fase e que vai passar (elas tem medo que eu fique desempregado) eu sei que não vai passar. Hoje eu enxergo claramente onde é o meu lugar e aonde eu quero estar, mesmo sendo um pouco tarde. Acho que tive que estar nesse ambiente de trabalho que estou para saber que não é isso que eu quero, quero trabalhar em algo que eu realmente goste e me faça bem, mesmo que seja pra ganhar menos. Estou pensando seriamente em falar com o meu Coordenador para saber se teria a possibilidade (eu acho que tem) de eu ir para a infraestrutura.

    Gostaria de saber a opinião de vocês, se alguém já passou por algo parecido e etc.

    Até mais!


    • Editado Italo Solon sexta-feira, 14 de outubro de 2011 12:46
    sexta-feira, 14 de outubro de 2011 12:37

Respostas

  • Italo,

    Trabalhar com ótimas condição, bons benefícios e num ambiente legal é muito bom, mas trabalhar insatisfeito anula todos os pontos positivos já citados, pois você precisa de se sentir bem no que faz, trabalhar feliz, senão estará enganando você mesmo. Não digo para sair do emprego que esta, mas que converse com seu coordenador e diga o que esta sentindo e com certeza ele entenderá, mas saiba colocar as palavras senão ele interpretará mal.

    Gosto muito de uma frase...

    "Você apenas precisa amar o que faz, o sucesso é consequência disso."

    Espero ter ajudado.

    Abraços,


    Leonardo Côco .:. MCP / MCDST / MCTS / MCSA / ITILF .:. Se a resposta foi útil classifique-a.
    sábado, 15 de outubro de 2011 11:06

Todas as Respostas

  • Italo,

    Trabalhar com ótimas condição, bons benefícios e num ambiente legal é muito bom, mas trabalhar insatisfeito anula todos os pontos positivos já citados, pois você precisa de se sentir bem no que faz, trabalhar feliz, senão estará enganando você mesmo. Não digo para sair do emprego que esta, mas que converse com seu coordenador e diga o que esta sentindo e com certeza ele entenderá, mas saiba colocar as palavras senão ele interpretará mal.

    Gosto muito de uma frase...

    "Você apenas precisa amar o que faz, o sucesso é consequência disso."

    Espero ter ajudado.

    Abraços,


    Leonardo Côco .:. MCP / MCDST / MCTS / MCSA / ITILF .:. Se a resposta foi útil classifique-a.
    sábado, 15 de outubro de 2011 11:06
  • Com certeza Leonardo, eu venho pensando nisso a semanas. A cada dia que passa, fica mais claro que quero voltar a infraestrutura e quero me especializar mais nessa área. Estou esperando a oportunidade certa para conversar com ele, e espero que ele entenda a minha situação. Acho que serei muito mais produtivo, e ajudarei mais a empresa saindo do desenvolvimento e indo para infraestrutura.

    Muito obrigado pelas palavras Leonardo, você ajudou muito.

    Abraço.

    segunda-feira, 17 de outubro de 2011 13:22
  • Caro Italo eu penso o mesmo que você pensa apesar de ser apenas estudante da area  de redes tambem gosto muito de infra-estrutura.mais acho que como esta prestes a se formar não vale a pena desviar de caminho agora você devia se formar em analise e depois faça certificações de infra estrutura como uma F.C.P. e CCNA o curso de redes não tem nada de estraordinario até porque é o inverso do seu dilema quem se forma em redes procura conhecimentos em programação depois de se formar por exemplo SQL é essencial para redes e é uma linguagem não tão abordada no curso pois esse é mais focado para area de infra-estrutura e administração de sistemas operacionais e normas RFC.

    Espero ter ajudado.

    Boa sorte e só uma dica não sabe o quanto é dificil arrumar um estagio na area de infra-estrutura ja programação é muito mais facil entrar na area aproveite a oportunidade que esta tendo.

    abraços.

    sábado, 22 de outubro de 2011 13:31
  • Italo,

    Passei pela mesma situação, estudei SI (Sistemas de Informação) até o terceiro semestre. No meu trabalho atuava com suporte e infraestrutura, me sentia frustrado por não executar o que era visto na faculdade no trabalho. 

    O curso era focado em linguagem programação e banco de dados, não estava aguentando mais. Diante dessas frustrações decidi fazer o curso Superior em Redes de Computadores. Comecei o curso em Janeiro de 2013 e graças a Deus estou muito feliz com a minha escolha.

    Só mais uma informação: Não se preocupe com o tempo isso veio com certeza para nos ensinar, temos tempo de sobra pra estudar e começar de novo. Minha mãe concluiu o ensino superior ano passado com 52 anos de idade, ela é o meu maior exemplo.

     


    domingo, 5 de janeiro de 2014 17:05
  • Caro Italo,

    Eu passei exatamente por este mesmo dilema no inicio de minha carreira, fiz 4 semestre de SI, e vi que não era minha "praia", e  tomei a decisão que mudou todo minha vida profissional, mudei para curso de redes numa faculdade aqui em salvador, isto aconteceu em 2007, e agora em 2014 estou totalmente feliz com minha profissão e minha escolha feita neste momento da minha vida!
    Muitas vezes na vida temos que dar 1 passo para trás para dar 2 para frente.

    Abraços
    segunda-feira, 6 de janeiro de 2014 02:38