Continuando a série de artigos .

Table of Contents

Vamos ver como se comporta o mecanismo de impressão em diversas configurações.

Server Printers (no Windows 2003)

 

Conforme definimos no artigo anterior é qualquer impressora instalada em um servidor de terminal. Em termos técnicos, isso significa que o servidor tem acesso direto para a fila de impressão. Essa fila de impressão pode ser Windows, NetWare, cliente ou baseada em servidor. Basicamente, qualquer impressora que pode ser acessada através de um compartilhamento de \\computername\printername é uma Server Printer. 
Também pode ser uma impressora que tenha uma fila de impressão diretamente em um Terminal Server, ou seja , poderia ser uma impressora que está fisicamente conectada a uma porta USB ou LPT local de um servidor ou uma impressora IP que tem uma fila de impressão localmente em um Terminal Server.
Esse tipo de impressão tem um funcionamento que podemos dizer que seja normal num ambiente tradicional e normalmente não apresenta muitos problemas.

 

1. O usuário imprime de seu aplicativo em execução no servidor de terminal.
2. A GDI (Graphics Device Interface) cria o arquivo EMF no Terminal Server.
3. A GDI envia o arquivo EMF para o subsistema de impressora.
4. O roteador de impressão no Terminal Server envia o arquivo EMF para o servidor de impressão de rede.
5. O servidor de impressão de rede recebe o arquivo EMF e transfere para o spooler de impressão. O spooler processa o trabalho de impressão e  prepara para impressão.
6. O trabalho de impressão é transferido para uma porta de impressora, onde um serviço monitor de impressão transfere para a impressora física.

No próximo artigo (parte 5)  veremos como esse tipo de impressão se comporta atravéz da WAN

 

Referências