Glossário: Office 365

Glossário: Office 365

Este "Glossário" tem como objetivo reunir uma lista alfabética de termos do Office 365 com suas respectivas definições. Sinta-se a vontade para incluir novos glossários.



A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


  • Arquivo CSV (Valores Separados por Vírgula) - Um arquivo de texto no qual cada valor é separado por uma vírgula. Geralmente é usado como um arquivo de entrada para um programa de software ou um script.
  • Assistente de Conexão do Microsoft Online Services (MOS SIA/IDCRL7) - O Assistente de Conexão do Microsoft Online Services (MOS SIA) (em inglês) oferece ao usuário final capacidades de conexão para o Microsoft Online Services como o Office 365. O MOS SIA instala componentes do cliente que permitem que os aplicativos da área de trabalho como o Microsoft Outlook e o Lync autentiquem o Microsoft Online Services. O MOS SIA também oferece uma experiência de conexão melhorada para que os usuários possam acessar o Microsoft Online Services sem precisar inserir novamente seus nomes de usuário ou senhas.
  • Administração de Suporte de Serviço - A função do cliente que lei permissões somente leitura para todos os objetos da empresa. Também possui a capacidade de gerenciar serviços individuais.

  • Banco de dados de configuração dos Serviços de Federação do Active Directory - Um banco de dados usado para armazenar todos os dados de configuração que representam uma única instância do AD FS 2.0 ou um Serviço de Federação. Estes dados de configuração podem ser armazenados usando o recurso Banco de Dados Interno do Windows (WID) incluído no Windows Server 2008 e Windows Server 2008 R2 ou usando um banco de dados do SQL Server®.
  • BPOS (Business Productivity Online Standard Suite) - Este é o acrônimo para a primeira versão do conjunto de produtividade de vários locatários baseado em nuvem do Microsoft Online Services. A oferta de serviço do BPOS está sendo substituída pelas ofertas de serviço do Office 365.
  • Balanceamento de carga de rede (NLB) - Um aplicativo dedicado (como o Balanceamento de Carga de Rede do Windows) ou dispositivo de hardware (como um comutador multicamada, geralmente chamado HBL) usado para oferecer tolerância à falhas, alta disponibilidade e balanceamento de carga entre vários nós. Para o AD FS, o nome DNS do cluster que você criar usando este NLB deve corresponder ao nome do Serviço de Federação que você especificou ao implantar seu primeiro servidor de federação no seu farm.
       

  • Coexistência de email - A coexistência de email permite as organizações com ambientes de email do Exchange Server local estabelecerem uma conexão entre seus ambientes de email local e o ambiente de email do Office 365 Exchange Online. Com a coexistência configurada, alguns usuários conectam ao Exchange Online enquanto outros continuam a usar o ambiente do Exchange Server local e todos os usuários pode compartilhar o mesmo nome de domínio. A coexistência de email pode ser configurada como coexistência entre locais ou como uma implantação híbrida.
  • Coexistência Simples - Coexistência simples é uma configuração de coexistência de email que oferece apenas o recurso básico de uma lista de endereços global (GAL) e roteamento de email entre as organizações locais e Exchange Online.
  • Consultor de Implantação - O Consultor de Implantação (Microsoft ou parceiro) �� o recurso primário para os clientes trabalharem com itens relacionados ao projeto ou técnicos. O Consultor de Implantação é o contato principal para seu Líder Técnico.
  • Centro de Administração FOPE - O site de gerenciamento de serviço para o Forefront Online Protection para Exchange.
  • Continuidade de serviço - O processo e procedimentos exigidos para manter ou recuperar serviços fundamentais durante uma interrupção de negócios.
           

  • Descoberta Automática - O serviço de Descoberta Automática do Exchange localiza automaticamente o host do Exchange Server correto e configurar o Office Outlook 2010 ou o Outlook 2007 para seus usuários. Também inclui uma agenda offline e o serviço de disponibilidade que oferece informações de disponibilidade para os seus usuários.
  • Domínio de rótulo único (SLD) - Os SLDs são nomes DNS que não contêm um sufixo, como .com, .corp, .net ou .org. Os SLDs não são suportados nas implantações do Office 365 e Exchange Online. Por exemplo, “contoso” é um SLD, portanto, não é suportado. No entanto, “contoso.com” e “contoso.local” não são SLDs e, portanto, não suportado.
E
    
  • Exchange Hosted Archive - Parte da rede de Exchange Hosted Services (EHS), o EHA oferece um repositório que armazena emails. Usando o EHA, as organizações podem gerenciar o aumento da retenção completa, conformidade e requisitos regulatórios. Os sistemas EHA recebem uma mensagem e após serem filtrados, a mensagem limpa é entregue ao servidor de email empresarial. Uma cópia é realizada e armazenada em um repositório de mensagem online com segurança. Observação: O EHA foi uma opção no serviço BPOS e não está mais disponível no Office 365.  O Exchange Online Archive pode ser usado em seu lugar.
  • Exchange Online - Um serviço de mensagem e email hospedado embutido no Exchange Server e oferecido pelo Office 365. Para organizações usando o Exchange Server local e o Exchange Online, o Exchange Online algumas vezes é chamado como “organização do Exchange baseado em nuvem".

 

F

 

  • Federação de identidadeA federação de identidade oferece uma verdadeira experiência de single sign-on (SSO) para os usuários acessarem as ofertas de serviço local e do Office 365 com um único nome de usuário e senha. Além disso, a federação de identidade permite aos administradores controlarem facilmente políticas de conta para as caixas de correio do Office 365 usando as ferramentas de gerenciamento do Active Directory local.
  • Forefront Online Protection para Exchange (FOPE) - O FOPE consiste de tecnologias de camadas para ajudar ativamente a proteger os emails de entrada e saída da organização de spams, vírus, phishing e violações da política de email.

 


H




J




 

M

  • Microsoft Federation Gateway - O Microsoft Federation Gateway é um serviço baseado em nuvem gratuito oferecido pela Microsoft que age como o agente de confiança para estabelecer uma federação entre sua organização do Exchange 2010 local e o Exchange Online.
  • Microsoft Premier Deployment (MPD) - Este serviço de consultoria da implantação é oferecido pela Microsoft para grandes empresas realizarem a entrega do Office 365 para soluções empresariais.
  • Módulo do Microsoft Online Services para Windows PowerShell - Esta ferramenta instala um conjunto de cmdlets do Windows PowerShell que você usa para configurar o single sign-on para o Office 365.
  • Migrações de velocidade - Migrações em massa de caixas de correio de usuários de um sistema de mensagem local para o sistema do Exchange Online. Cada migração em massa ocorre dentro de uma janela de migração programada.

N

  • Nome Principal do Usuário (UPN) - Um nome de conta do usuário (algumas vezes chamado como nome de login do usuário) e um nome de domínio identificando o domínio no qual a conta de usuário está localizada. Este é o uso padrão para conectar em um domínio do Windows. O formato é user@contoso.com (semelhante a um endereço de email).

O

  • Office Professional Plus - Aplicativos do Office que conectam às ofertas de serviço do Office 365 e oferecem acesso aos documentos, email e calendários de uma variedade de clientes. O Office Professional Plus inclui o Office Web Apps, complementos online para Word, Excel, PowerPoint e OneNote, que permitem você revisar e realizar pequenas edições em documentos diretamente por um navegador.
  • Office Web Apps - Complemento online para o Word, Excel, PowerPoint e OneNote, que permite você revisar e realizar pequenas edições em documentos diretamente por um navegador.
  • Outlook Web App - Este é o navegador baseado em clientes de email usado para acessar o Exchange Online. Anteriormente chamado de Outlook Web Access.

 

P

  • Painel de Controle do Exchange (ECP) - Este console baseado na Web é usado para gerenciar o ambiente do Exchange Online. O ECP pode ser acessado através da área de administradores do Portal do Microsoft Online Services.
  • Proxy do servidor de federação - Um computador executando o Windows Server 2008 ou o Windows Server 2008 R2 que foi configurado para agir como um serviço de proxy intermediário entre um cliente na Internet e um Serviço de Federação localizado por trás de um firewall em uma rede empresarial. Para permitir o acesso remoto aos serviços do Office 365, como um smart phone, computador doméstico ou quiosque Internet, você precisa implantar um proxy do servidor de federação.
  • Portal do Microsoft Online Services - O portal da Web que o administrador de serviço designado para um cliente assinando os serviços do Office 365 usa para gerenciar as configurações da configuração. Você também pode gerenciar suas inscrições ativas: por exemplo, é possível aumentar o número de licenças de usuário, alterar os detalhes de faturamento ou selecionar um Parceiro Autorizado da Microsoft para ajudar com sua inscrição.
  • Pacote de configuração da área de trabalho do Office 365 - Este aplicativo é instalado em estações de trabalho que usam clientes avançados (como o Office 2010) e conectam nas ofertas de serviço do Office 365. Configura automaticamente clientes avançados para usarem com o Office 365 e gerencia e instala atualizações do cliente.
  • Parceiro Dependente - Um Serviço de Federação ou aplicativo que consume as declarações em uma determinada transação.
  • Parceiro Dependente Confiável - No snap-in de Gerenciamento do AD FS 2.0, um parceiro dependente confiável é um objeto confiável criado para manter o relacionamento com outro Serviço de Federação, aplicativo ou serviço (neste caso, o Office 365) que consome as declarações do Serviço de Federação da sua organização.
  • PowerShell Remoto - Um recurso do Windows PowerShell que permite o script de tarefas de rotinas e acesso aos dados brutos para relatórios.




  • Registro CNAME - Um registro de Nome Canônico (CNAME) é um tipo de registro de recursos no DNS que é um alias para o registro do Endereço (A) que mapeia um endereço IP para o servidor de destino. O servidor de destino não precisa existir no mesmo domínio que o registro CNAME. É possível definir um alias em um domínio para apontar para um servidor de destino em um domínio completamente diferente. Várias organizações usam registros CNAME com servidores Web. Uma organização pode apontar o alias www para um servidor Web que é hospedado pela empresa de hospedagem Web dedicada. Por exemplo, solicitações para www.contoso.com podem ser redirecionadas para o webserver1.fabrikam.com
  • Registrador de domínios - Um registrador de nome de domínio é uma organização ou entidade comercial, credenciada pela Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN) ou por uma autoridade de domínio de nível superior de código do país (ccTLD), para gerenciar a reserva dos nomes de domínio da Internet de acordo com as diretrizes dos registros de nome de domínio designados e oferecer tais serviços ao público.
  • Redução do tamanho da caixa de correio - As tarefas associadas com a redução do tamanho geral da caixa de correio para todos os usuários que permitem um aumento no número total de caixas de correio que podem ser migradas em um evento de migração único.
  • Registro MX - Um registro de servidor de email (registro MX) é um tipo de recurso gravado no Sistema de Nome de Domínio que especifica um servidor de email responsável por aceitar mensagens de email no nome de um domínio do destinatário e um valor de preferência usado para priorizar a entrega de email se vários servidores de email estiverem disponíveis.
  • RSS feed - Um canal de comunicação atualizado frequentemente para anúncios da Microsoft Online Services. Os anúncios são oferecidos na forma de alertas de serviço, interrupções planejadas e não planejadas e manutenção.
  • Retransmissão SMTP - Permite as organizações usarem o Exchange Online como um serviço SMTP para emails originados fora do ambiente do Exchange Online, por exemplo, aplicativos habilitados por SMTP, como servidores de fax.
  • Registro SPF - O registro SPF (Sender Policy Framework) especifica quais computadores são autorizados a transmitir emails de um domínio. Isso ajuda a evitar que outros usem seu domínio para enviar SPAM ou outros emails maliciosos. Se o seu ISP implementou SPF, você deve criar um registro SPF para permitir que o Microsoft Exchange Online envie emails do seu domínio.

  • Sincronização de diretórioA sincronização do Microsoft Online Services Active Directory replica a informação do Active Directory local da sua empresa para objetos habilitados de email para o ambiente do Office 365. Usando a Ferramenta de Sincronização de Diretórios da Microsoft Online Services, os administradores da sua empresa podem manter seu Active Directory local sincronizado continuamente com o Office 365. Isto permite não apenas criar versões sincronizadas de cada conta de usuário e grupo, mas também permite a sincronização de listas de endereço globais (GAL) do seu ambiente do Microsoft Exchange Server para o Microsoft Exchange Online. As organizações implantando a coexistência devem implantar a sincronização do Active Directory em um servidor local separado. A sincronização do seu Active Directory local para o ambiente do Office 365 Active Directory é uma forma de fazer isso
  • Shell de Gerenciamento do Exchange - A interface da linha de comando para o Exchange Server 2010 e o 2007.
  • Serviço de Federação - Uma instância lógica do AD FS 2.0. Um Serviço de Federação pode ser implantado como um servidor de federação autônomo ou como um farm de servidor de federação balanceado por carga. É possível configurar o nome do Serviço de Federação usando o snap-in de Gerenciamento do AD FS 2.0. O nome DNS do Serviço de Federação deve ser usado no nome de entidade do certificado SSL.
  • Servidor de Federação - Um computador executando o Windows Server 2008 ou o Windows Server 2008 R2 que foi configurado para agir na função de servidor de federação. Um servidor de federação serve como parte do Serviço de Federação que pode emitir, gerenciar e validar solicitações para tokens de segurança e gerenciamento de identidade. Os tokens de segurança consistem de um conjunto de declarações, como o nome do usuário ou a função. Farm do servidor de federação: Dois ou mais servidores de federação na mesma rede que são configurados para agir como uma instância do Serviço de Federação.
  • Servidores Híbridos - Os servidores híbridos são servidores do Exchange Server 2010 SP2 que estão instalados na sua organização do Exchange existente. Eles são obrigados para implantações híbridas. Os servidores híbridos habilitam recursos de mensagem e entrega de mensagens entre sua organização do Exchange existente e a organização do Exchange baseada no Office 365.
  • Serviço de Token de Segurança (STS) - O serviço Web que autentica clientes validando as credenciais apresentadas por um cliente. O STS pode emitir para um cliente um token de segurança para um cliente autenticado com êxito.
  • Solicitação de serviço - Uma solicitação de serviço (SR) é como os clientes solicitam suporte do Office 365 para problemas reativos e pró-ativos.
  • SharePoint Online - A solução do Office 365 para colaboração. O serviço do SharePoint Online está embutido no SharePoint Server 2010.
  • Single sign-on - Single sign-on oferece uma verdadeira experiência para os usuários acessarem as ofertas de serviço local e do Office 365 com um único nome de usuário e senha. Além disso, a federação de identidade permite aos administradores controlarem facilmente políticas de conta para as caixas de correio do Office 365 usando as ferramentas de gerenciamento do Active Directory local.
  • Sufixo do Nome Principal do Usuário (UPN) - A parte do UPN à direita do caractere @. O sufixo UPN padrão para uma conta de usuário é o nome do domínio do DNS do domínio que contém a conta do usuário. Em alternativa, o sufixos UPN podem ser adicionados para simplificar a administração e os processos de logon do usuário oferecendo um sufixo UPN único para todos os usuários. O sufixo UPN é usado apenas dentro da floresta do Active Directory e não precisa ser u nome de domínio DNS válido.

 

T

 

U

 

V

 

W

 

X

 

Y

 

Z

 

 



Veja Também
Classificar por: Data da Publicação | Mais Recente | Mais Úteis
Comentários
  • Rafael Mantovani edited Revision 12. Comment: Adicionando: Exchange Hosted Archive

  • Rafael Mantovani edited Revision 13. Comment: Adicionando: Exchange Online

Página 1 de 1 (2 itens)