Dica: Assine o RSS feed desta página Wiki para obter notificação automática quando ela for atualizada!

 

Introdução

Quando lidamos com Máquinas Virtuais (VMs), temos mais opções disponíveis para fazer seu backup do que em servidores tradicionais.  E a escolha de qual método será usado para realizar o backup dependerá de seu orçamento, de como você pretende recuperar seu sistema em caso de falha, e de como foram configuradas as máquinas virtuais e seus storages.

 

Guest-Level Backup (também conhecido por In-VM Backup)

O cenário mais óbvio é realizar o backup das Máquinas Virtuais como se fossem servidores físicos. Isto incluí a instalação de um software de backup (ou agente) no Sistema Operacional da VM e gerenciar os Jobs de backup por VM.

As principais vantagens do cenário de Guest-Level Backup são:

  • Permite usar qualquer ferramenta de backup (desde que compatível com o Sistema Operacional).
  • Não é necessário ter o Hyper-V VSS ativado - embora você deva tomar as providências necessárias para que databases e arquivos abertos possam ser "backupeados"
  • Possibilita fazer o backup de storages remotos que não estão conectados ao Host - por exemplo, em um ambiente onde uma VM se conecta diretamente a uma storage iSCSI
  • Possibilita o backup em VMs que não permitem a instalação do Integration Components do Hyper-V, ou que não tenham o VSS habilitado para todos os volumes, ou que não tenham o Backup Integration Service habilitado - por exemplo, máquinas virtuais com Linux ou Windows 2000
  • Permite fazer um backup seletivo dos arquivos ou databases da VM, no software de backup que será instalado na Máquina Virtual

Porém, apesar de oferecer todas essas vantagens, este é o cenário que toma mais tempo para ser recuperado em caso de falha, e normalmente é o mais caro, já que envolve a compra de um software ou agente de backup para cada Máquina Virtual. Caso seja necessário restaurar um backup, você deverá:

  • Criar uma nova Máquina Virtual e instalar o mesmo Sistema Operacional da Máquina Virtual que apresentou a falha
  • Instalar o software de backup e fazer a restauração do mesmo.
  • Testar tudo que for possível para certificar-se de que todos os serviços e arquivos estão operando corretamente.

 

Host-Level Backup (também conhecido por On-Host Backup)

Este cenário permite fazer o backup de VMs enquanto elas estão on-line, rodando. O principal benefício deste cenário é que, com o backup de toda a VM, você pode recuperá-la completamente - deste o Sistema Operacional até seus serviços, incluíndo todo o conteúdo do VHD - no menor tempo possível. Porém, você não tem como consultar o conteúdo do backup, e caso você precise de um único arquivo que foi deletado acidentalmente, será necessário restaurar toda a VM em um ambiente isolado, fazer o login no Sistema Operacional, e então copiar o arquivo.

O Hyper-V utiliza o recurso de VSS (Volume Snapshot Service ou Volume Shadow Copy Service) e o Backup Intergration Component para realizar o backup de VMs online. Durante o backup, a VM fica em estado de quiescent, porém nenhum downtime deve ser percebido.

Alguns tipos de storage não podem ser "backupeados" deste modo, como o Passthrough Storage, por ele não ser um arquivo, como um VHD. Storages remotos que são conectados diretamente a VM também não podem ser "backupeados", por não estarem conectados ao Host.

 

Guest-Level Backup e Host-Level Backup juntos

A melhor das soluções é usar os dois tipos de backup - por exemplo, você pode fazer um Host-Level Backup uma vez por dia/semana de todas as VMs, e, para as máquinas que precisam de uma restauração granular em caso de falha (como File Servers, SQL Servers, Exchange Server, etc), fazer o Guest-Level Backup. É claro que podem existir VMs que não atendam aos requisitos do Host-Level Backup - para isso, você pode desligá-las temporariamente para realizar um Host-Level Backup, ou mante-lá apenas com o Guest-Level Backup.

Abaixo alguns exemplos de recovery usando os dois approaches:

  • VM destruída: Restaure o último Host-Level backup, e em seguida restaure os dados de todos os dados do Guest-Level backup que sofreram modificações desde este Host-Level Backup. Isso fará com que a VM fique online em um curto espaço de tempo, com seus dados e/ou databases atualizados
  • Perda de dados de uma VM, como um database do SQL Server ou arquivos: Recupere os dados do último Guest-Level backup

 

Referências

Este artigo foi originalmente escrito por:

Caio Vilas Boas
MCT  |  Technology Consultant

 Caio Vilas Boas
 IT Pro Group
 Linked-in
 Twitter