Nesse artigo vamos mostrar as mudanças e as melhorias na qualidade de serviço para o Hyper-V no Windows Server 2012, segue abaixo algumas melhoras e qualidades:


1. Garantia de desempenho previsível da rede e compartilhamento adequado em caso de congestionamento;

2. Imposição dos SLAs dos clientes e de limites máximos nos preços;

3. Suporte a limites mínimo e máximo de largura de banda;

4. QoS para máquina virtual ou tipo de tráfego;

5. Uso de software do Windows Server 2012 ou hardware com ponte de data center  (DCB) para atribuir configurações mínimas de QoS;

6. Alteração dinâmica das configurações de QoS por meio do Windows PowerShell.



Com esses recursos conseguimos dividir e mostrar para as placas de redes, qual o tráfego que ela deve fazer, deifnir limites máximos, com isso consigo dividir a carga entre as placas de rede ganhando em velocidade e desempenho. Consigo também dividir o tipo de tráfego, ou seja, se na minha rede possuo um grande tráfego na porta 80, consigo jogar uma grande prioridade para a mesma e tudo isso pode ser feito no Hyper-v no MS 2012 Server usando a interface gráfica.

Segue imagem abaixo, ilustrando essa divisão e demanda:



Escrito por Vinicius Mozart