Microsoft Azure: Monitoramento Máquina Virtual

Microsoft Azure: Monitoramento Máquina Virtual

Nesse pequeno artigo, vamos mostrar alguns dos parâmetros e métricas de monitoramento que o Microsoft Azure pode nos oferecer, utilizando uma máquina virtual clássica com Windows ou qualquer outro sistema operacional. O novo painel do Microsoft Azure nos entrega de forma simples, uma interface fácil e agradável para um ótimo gerenciamento e acompanhamento do cenário em nuvem. Os parâmetros que vamos mostrar abaixo são simples, mas de extrema importância no dia a dia de um profissional de TI e entregas de relatórios para análise de performance. Vamos mostrar abaixo como ativar o monitoramento de sua máquina virtual dentro do Microsoft Azure.

Primeiramente faça o login com sua assinatura Microsoft Azure e selecione a opção "Máquinas Virtuais Clássicas", como mostra a imagem abaixo:

Selecione a máquina virtual que deseja configurar os parâmetros e clique em "Editar":

Ao clicar em "Editar", por padrão sua "CPU" estará configurada para monitoramento, mas existem outras opções que podemos ativar, para deixar ainda mais completo o nosso Dashboard. As opções que vamos ativar são:

  • CPU percentage;
  • Disk read;
  • Disk write;
  • Network In;
  • Network Out;

Com esses parâmetros ativos, seu monitoramento ficará mais completo dentro de sua máquina virtual. Você poderá efetuar essas configurações individualmente para cada máquina virtual gerada nos serviços online da Microsoft. Selecione os parâmetros que deseja e clique em "OK" para salvar as configurações.

Com as configurações salvas, você vai ter em seu Dashboard um monitoramento mais completo e pode encontrar possíveis problemas de sobre carga em sua máquina virtual. Veja como deve ficar seu monitoramento:

Se você precisa que seu monitoramento seja ainda mais completo, você pode utilizar o OMS dentro dos serviços do Microsoft Azure. Lá você vai encontrar diversas métricas avançadas e um Dashboard mais completo. Veja um link abaixo que pode lhe ajudar a ter uma noção do OMS:

Gerenciamento com OMS - Acesse aqui

Esperamos que essa pequena dica seja útil para os administradores que estão a procura de uma nova estrutura em Cloud e aqueles que querem se aprofundar mais no gerenciamento de Datacenters dentro dos serviços online da Microsoft. 

Classificar por: Data da Publicação | Mais Recente | Mais Úteis
Comentários
Página 1 de 1 (2 itens)