none
Cluster SQL Server 2008 R2 - documentação especifica RRS feed

  • Pergunta

  • Prezados

    tenho um ambiente que tenho dois cluster

    primeiro cluster com Hyper-V com 3 nodes fisicos

    segundo cluster para o SQL Server 2008 R2 Enterprise com 2 nodes, sendo 1 fisico e outro virtual (virtual está dentro do cluster do Hyper-V)

    já conversei com pessoal que atua no segmento, com suporte da Microsoft, WebCasts informando que nodes de cluster tem ser fisicos (principalmente se tratando de SQL), entretanto não encontro documentação fazendo essa referencia exatamente, poderiam auxiliar para obter um documento oficial da Microsoft relatando isso ?

    abraços.


    Infortron - Richard
    terça-feira, 25 de outubro de 2011 16:28

Respostas

  • Richard,

    Dá uma lida neste documento: http://download.microsoft.com/download/6/9/D/69D1FEA7-5B42-437A-B3BA-A4AD13E34EF6/SQLServer2008FailoverCluster.docx

    Especificamente no titulo "Guest Failover Cluster"

    Pode se concluir que, atendendo os requisitos que é estabelecido para um ambiente virtual o SQL Server 2005 e 2008, pode sim ser usado em um cluster virtual.

    Dúvidas estou à disposição.


    Vithor da Silva e Silva | MCTS - SQL Server 2008, Implementation and Maintenance www.vssti.com.br
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 12:43
  • Boa Tarde,

    Particularmente não vejo razão para não ser suportado, mas também não vejo razão para implementar dessa forma. Quando se monta um cluster de SQL Server, o serviço já está de certa forma virtualizado, pois, para o cliente existe apenas uma instância virtual não importando onde ela roda propriamente. É um conceito idêntico ao de virtualização com a diferença de que a virtualização irá considerar o o SO e todo o resto enquanto que o Cluster de SQL Server irá virtualizar apenas o serviço.

    A idéia dos nós serem físicos é que o SQL Server já é "virtual" e normalmente servidores de banco de dados são dedicados então faz mais sentido clusterizá-lo em cima de nós físicos. Não acho muito interessante montar vários nós de cluster de SQL sobre máquina virtualizadas, pois, se as máquinas virtualizadas caírem, todos os nós caem também. Se as máquinas virtualizadas estiverem em máquinas físicas diferentes, talvez seja melhor confiar na alta disponibilidade do Hyper V do que propriamente montar um cluster de SQL Server.

    Outro ponto é que se a máquina física dedicada tem mais poder de processamento que a máquina virtual compartilhada. Quando o nó mover pra lá, a queda de desempenho pode ser perceptível e no pior dos cenários pode não não garantir a alta disponibilidade de fato.

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    Blog: http://gustavomaiaaguiar.wordpress.com
    Vídeos: http://www.youtube.com/user/gmasql


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    • Marcado como Resposta Richard Juhasz quinta-feira, 17 de novembro de 2011 18:05
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 16:50

Todas as Respostas

  • Richard,

    Dá uma lida neste documento: http://download.microsoft.com/download/6/9/D/69D1FEA7-5B42-437A-B3BA-A4AD13E34EF6/SQLServer2008FailoverCluster.docx

    Especificamente no titulo "Guest Failover Cluster"

    Pode se concluir que, atendendo os requisitos que é estabelecido para um ambiente virtual o SQL Server 2005 e 2008, pode sim ser usado em um cluster virtual.

    Dúvidas estou à disposição.


    Vithor da Silva e Silva | MCTS - SQL Server 2008, Implementation and Maintenance www.vssti.com.br
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 12:43
  • Boa Tarde,

    Particularmente não vejo razão para não ser suportado, mas também não vejo razão para implementar dessa forma. Quando se monta um cluster de SQL Server, o serviço já está de certa forma virtualizado, pois, para o cliente existe apenas uma instância virtual não importando onde ela roda propriamente. É um conceito idêntico ao de virtualização com a diferença de que a virtualização irá considerar o o SO e todo o resto enquanto que o Cluster de SQL Server irá virtualizar apenas o serviço.

    A idéia dos nós serem físicos é que o SQL Server já é "virtual" e normalmente servidores de banco de dados são dedicados então faz mais sentido clusterizá-lo em cima de nós físicos. Não acho muito interessante montar vários nós de cluster de SQL sobre máquina virtualizadas, pois, se as máquinas virtualizadas caírem, todos os nós caem também. Se as máquinas virtualizadas estiverem em máquinas físicas diferentes, talvez seja melhor confiar na alta disponibilidade do Hyper V do que propriamente montar um cluster de SQL Server.

    Outro ponto é que se a máquina física dedicada tem mais poder de processamento que a máquina virtual compartilhada. Quando o nó mover pra lá, a queda de desempenho pode ser perceptível e no pior dos cenários pode não não garantir a alta disponibilidade de fato.

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    Blog: http://gustavomaiaaguiar.wordpress.com
    Vídeos: http://www.youtube.com/user/gmasql


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    • Marcado como Resposta Richard Juhasz quinta-feira, 17 de novembro de 2011 18:05
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 16:50