none
Analise de impactos e mudanças do SQL Server 2008 para SQL Server 2017 RRS feed

  • Discussão Geral

  • Pessoal,
    Gostaria de tirar uma dúvida com vocês!

    Tenho um cliente que esta querendo migrar a sua base de dados do SQL Server 2008 para SQL Server 2017. O mesmo me pediu para gerar um "relatório" analisando os impactos que podem acontecer nessa migração.

    Além de avaliar os requisitos de hardware e software do servidor para instalar o 2017, eu sei que tem aquele programa da microsoft, o "Microsoft Data Migration Assistant" que avalia os possíveis problemas de incompatibilidades entre as versões. 

    Enfim, gostaria de saber se além das analises:

    - Hardware
    - Software
    - DMA

    Tem mais algum outro programa / ponto / ánalise que tem que ser feito para garantir a migração com sucesso?

    Desde já,

    Vlw.


    **** SER A RESPOSTA FOR UTIL, NÃO ESQUEÇA DE MARCA-LÁ =P ****

    quinta-feira, 16 de maio de 2019 14:13

Todas as Respostas

  • Deleted
    quinta-feira, 16 de maio de 2019 14:20
  • Bom dia,
    José Diz!

    Então a base está no SERVER 2008 R2 (SP3) , compatibilidade 100!


    **** SER A RESPOSTA FOR UTIL, NÃO ESQUEÇA DE MARCA-LÁ =P ****

    quinta-feira, 16 de maio de 2019 15:05
  • Deleted
    quinta-feira, 16 de maio de 2019 15:47
  • Tá certo Diniz!
    Muito obrigado pelas dicas!!!

    Sobre os links da leitura, já dei lida sim!

    Achei interessante abrir uma threads / pergunta para ver se havia mais alguma dica ou melhor prática para fazer isso!

    Vou seguir essas suas sugestões!

    Obrigado pelo ajuda!



    **** SER A RESPOSTA FOR UTIL, NÃO ESQUEÇA DE MARCA-LÁ =P ****

    quinta-feira, 16 de maio de 2019 16:23
  • Rafael,

    Todas as considerações do José são de extrema relevância, quero somente complementar o que foi apresentado:

    Após a migração, execute alguns testes processando as principais rotinas e querys realizadas por sua aplicação, existem alguns cenários básicos de querys que fazem uso do comando Order By, começam a apresentar um comportamento diferente, como por exemplo um tempo de processamento maior, isso pode ocorrer devido a questões de estatísticas internas do banco de dados ou até mesmo o estimador de cardinalidade.

    Verifique também a propriedade Page_Verify existente neste banco de dados, em alguns casos de migração, esta propriedade acaba sendo alterada, a partir da versão 2005 do SQL Server foi adicionada uma opção denominada CheckSum, a qual impacta na maneira que o SQL Server vai armazenar as páginas de dados que compõem nossas tabelas e índices, talvez este link poderá lhe ajudar: https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2018/08/22/22-para-que-serve/

    Uma pergunta, como será feita a migração?

    Por acaso será através de backup/restore? Generate Script, Import/Export Data.

    Além disso, as análises de quem desenvolveu o software é de extrema importância, como aqui já destacada, mas após um período de uso, eu pensaria em começar a utilizar versões mais atuais dos níveis de compatibilidade existentes no SQL Server, que vão lhe permitir fazer uso de novos recursos existentes no produto.



    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | MCC | MSTC | MIE | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados Relacional e Data Warehouse | Professor Universitário | @JuniorGalvaoMVP | http://pedrogalvaojunior.wordpress.com]


    quinta-feira, 16 de maio de 2019 19:11
    Moderador