none
Diminuir tempdb RRS feed

  • Pergunta

  • Pessoal

          Estou em um projeto onde tentei rodar SHRINKFILE, SHRINKDATABASE  dentro do banco de dados tempdb, mais não consegui obter o resultado esperado, sendo que estou utilizando o SQL Server 2014, o que eu poderia fazer para obter um resultado melhor no tamanho do arquivo.

    quarta-feira, 8 de maio de 2019 16:22

Respostas

Todas as Respostas

  • Quais as informações de espaço vazio para o tempdb?

    quarta-feira, 8 de maio de 2019 16:35
  • Neibala,

    Você poderia descrever os procedimentos realizados?


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | MCC | MSTC | MIE | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados Relacional e Data Warehouse | Professor Universitário | @JuniorGalvaoMVP | http://pedrogalvaojunior.wordpress.com]

    quarta-feira, 8 de maio de 2019 16:38
    Moderador
  • Deleted
    quarta-feira, 8 de maio de 2019 17:49
  • "neibala", eu acho que você está a tentar fazer justamente o contrário do que deve ser feito.

    O tempDB é um banco de dados para armazenar diversos objetos da instância como tabelas temporárias, variáveis de tabela, tabela temporária de cursor, tabelas INSERTED e DELETED manipuladas pelos procedimentos trigger etc etc etc. Como percebe, o tamanho dele depende dos processos. Além disso, ele é um único para cada instância.

    Eis trecho de post no grupo SQL Server, no Linked In:

    Quando o banco de dados tempDB é intensamente utilizado, podem ocorrer gargalos no momento em que  o gerenciador SQL Server tenta alocar páginas. Dependendo do grau de contenção, isto pode acarretar que consultas e requisições que envolvam o banco de dados tempDB fiquem lentas ou mesmo parem de responder por instantes.

    As orientações atuais da Microsoft para evitar (ou mitigar) esta situação está no documento Recommendations to reduce allocation contention in SQL Server tempdb database.

    Há outro artigo, de Brent Ozar, que simplifica as orientações: How to Configure TempDB for Microsoft SQL Server.

    E há poucos dias foi publicado no blog MSSQL Tiger Team o artigo “TEMPDB – Files and Trace Flags and Updates, Oh My!”, autoria de Pam Lahoud, onde ela resume os passos em:  

    • update to the latest CU,
    • create multiple tempdb files,
    • if you're on SQL 2014 or earlier enable TF 1117 and 1118
    • if you're on SQL 2016 enable TF 3427.

    O artigo está bem detalhado e com ilustrações que facilitam a compreensão.

    Sugestão de leitura: Banco de dados tempDB 



    José Diz     Belo Horizonte, MG - Brasil     [T-SQL performance tuning: Porto SQL]   [e-mail]


    Este conteúdo é fornecido sem garantias de qualquer tipo, seja expressa ou implícita.

    José,

    Concordo com suas observações e argumentação.

    Por isso questionei o Neibala, de quais procedimentos ele estaria fazendo uso.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | MCC | MSTC | MIE | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados Relacional e Data Warehouse | Professor Universitário | @JuniorGalvaoMVP | http://pedrogalvaojunior.wordpress.com]

    quarta-feira, 8 de maio de 2019 17:56
    Moderador