none
Contratar ou Tercerizar? RRS feed

  • Discussão Geral

  • Bom dia a todos. Como mencionei ontem, estou de volta. Pra começar, gostaria de saber a opinião dos Sr.ºs sobre o tema Contratação ou Terceirização de mão de obra para TI.

    Lembrando que estamos falando de MPES, será que o custo de manter um profissional de administração em redes Microsoft, em um ambiente com 50 ou 100 usuários, justifica o investimento? Há realmente necessidade de manter um departamento de TI, com móveis, ar condicionado, cafezinho, material de escritório e todo o resto, só para custear o pessoal de TI?

    Bom, preciso da ajuda de vocês.  


    Carlos Vasconcelos Ger. TI TheCorp Solutions
    • Tipo Alterado Richard Juhasz terça-feira, 24 de maio de 2011 17:28 thread é uma discussão
    segunda-feira, 8 de novembro de 2010 11:57

Todas as Respostas

  • Bom dia Carlos,

    Essa é uma questão que tenho a tempos também, porém tenho alguns pontos de vistas definidos.

    Conheço alguns profissionais da área, que trabalham com suporte e outros que gerenciam esse mesmo suporte. O que notei em conviver dia a dia com esses 2 perfis de profissionais é que existem empresas contratantes, (note que joguei a bucha na contratante do serviço), que se preocupa muito ou pouco com o gerenciamento desse departamento. Em alguns casos, reparei que existem empresas que realizam essa terceirização e acabam "esquecendo" desse departamento, não se precoupam em colocar um gestor para comandar tarefas, gerenciar prazos e cobrar melhorias.

    Já presenciei, infelizmente, comentários de "profissionais" terceiros que deixavam de atender os seus "patrões", os usuários da rede, por pirraça ou até mesmo brincadeira de mal gosto. Sem o controle de acontecimentos na empresa, esses terceiros trabalhavam da forma que queriam, muita das vezes atrapalhando o desenvolvimento de tarefas e acarretando n problemas a seguir.

    No meu ponto de vista a palavra chave é o Gestão.


    Welton MCP - Windows Server 2003
    • Editado Welton Medici terça-feira, 1 de fevereiro de 2011 10:45
    sexta-feira, 19 de novembro de 2010 11:22
  • Bom dia Welton, em primeiro lugar agradeço por participar.

    Sobre o que você comentou, eu também já passei e passo por isso. Concordo com você, que a chave está na Gestão, porém, exitem outras variáveis.

    A maioria esmagante dos micro-pequenos empresários, mantem em suas cabeças que TI é dispesa. Na minha opnião, TI é negócio, afinal, qual empresa se mantem hoje no mercado sem a TI?

    Abraço!


    Carlos Vasconcelos Ger. TI TheCorp Solutions
    sábado, 20 de novembro de 2010 14:55
  • Darci, em primeiro lugar muito obrigado por compartilhar sua opnião.

    Concordo em parte, porem, como você sabe hoje temos os micro-empreendedores. Então, creio que em muito pouco tempo teremos muita mão de obra boa no mercado. Como geralmente eles só podém ter 1 funcionário, os custos na prestação de seus serviços também irão cair.

    Um abraço e sucesso.


    Carlos Vasconcelos Ger. TI TheCorp Solutions
    domingo, 21 de novembro de 2010 23:59
  • Olá Carlos, faço votos de que voce esteja indo bem em tudo.

    Eu vejo esse cenairo da seguinte forma, como ja comentado, empresas terceiras, na maioria esmagadora nao tem gestores, apenas muita gente novata aprendendo e que nao se interessa muito em aprender mais, alem do que se passa no twitter, orkut, enfim, me permita usar esses nomes, quando aparece algo a fazer, eles nao sabem como fazer, pois nao aprenderam, justamente por nao ter quem os ensine, um gestor de verdade, dai começam a remendar as coisas, e em um tempo, toda estrutura está bagunçada. Isso ja presenciei durante meus 10 anos de experiencia, poucas empresas de terceirização se preocupam com o Negocio do cliente, as que se preocupam cobram mais caro, dai entra a questao do CEO ou Diretor, entender o que voce disse, TI é negocio e nao despesas, eu digo que TI é um risco, uma ameaça, por isso deve ser tratada com prioridade e muito cuidado, saber em mao de quem a delegar enfim, podemos ir lonje nessa toada.

    Eu trabalhei em uma empresa por 5 anos, eu e somente eu cuidava de 5 servidores, sendo 2 linux e os 3 demais windows 2008, 2000, alem disso cuidava da parte de Telefonia, central telefonica com DDR e 60 ramais, e mais de 60 desktops e 10 blackberries, ainda cuidava da segurança patrimonial, cameras de segurança, e mais.. ufa, era lider da brigada de incendio, fui cipeiro, vice-precidente e presidente da CIPA, nesse tempo de 5 anos, eu troquei todas as estações da empresa, de 35 para 60 contando com os notebooks, troquei todos os sevidores, troquei e acompanhei  a atualização de ERP e banco de dados oracle, gerenciei todas as licenças, tudo isso eu fazia sozinho, e sabe mais? eu trabalhava 3 horas por dia, minhas tarefas diarias, o resto do tempo passava pensando em melhorias e gerenciando. Nao ganhava R$ 2k. a empresa achou que eu estava caro e me dispensou e contratou uma terceira para ir lá quando eles chamarem, ou seja, apagar fogo apenas, e toda prevenção de desastres que eu fazia nao serviu de nada.

    entao, respondendo sua pergunta, se a empresa tem esse cenario que falei, é bom contratar, e o diretor precisa mudar o conceito de TI, deve entender o quanto TI vale na empresa dele, se um dia ela parar, se optar por terceirizar, entao que tenha um gestor acompanhando, claro, nada vai sair de graça. O interessante em contratar é que voce pode usar esse profissinal de TI para outras tarefas quando ele estiver ocioso. Estou desempregado, se interessar, posso lhe enviar um CV.

     

    Abrçaos..


    www.supremavision.com.br Soluções em TI.
    sábado, 4 de junho de 2011 19:45