none
placa RRS feed

  • Pergunta

  • troquei a placa mae do meu pc. agora ta pedindo para ativar o windows que ja era original de fabrica o que faço
    • Movido Cleber Marques MSFT quarta-feira, 28 de dezembro de 2011 13:02 (De:Microsoft Operations Manager)
    segunda-feira, 26 de dezembro de 2011 22:13

Respostas

  •  

    tecnico tr,

     

    CONCEITOS SOBRE LICENCIAMENTO OEM

    A maneira correta de comercializar licenças OEM é da seguinte forma:

    Sistemas Operacionais para estações (Windows 7 Professional):

    • Com um computador completo e montado. Envolve CPU, motherboard, HD, fonte de energia e gabinete. Pode ser pré-instalado ou não;
    • ATENÇÃO! DESDE Abril/2007, NÃO É MAIS PERMITIDO ADQUIRIR QUALQUER SOFTWARE OEM JUNTO COM PERIFÉRICO ESSENCIAL (Memória, HD, etc)! SOMENTE COM COMPUTADOR NOVO, CONFORME ACIMA DESCRITO!

      Aplicativo (Office) ou Sistema Operacional para Servidor (Windows 2008):

    • Só pode ser vendido com um computador completo montado. Envolve CPU, motherboard, HD, fonte de energia e gabinete.

    Além disso, o software deve acompanhar o selo de autenticidade (COA), nota fiscal de compra do hardware junto com o software e CD-ROM com holograma Microsoft. Para visualizar esses itens, clique aqui

    Se esses produtos são vendidos conforme as informações acima, o usuário pode comprá-lo normalmente. Lembramos que o software OEM não pode ser vendido separadamente do hardware indicado conforme o caso acima, caso isto ocorra, a venda é feita de forma irregular.

    A vantagem de adquirir produto com licença OEM é o preço, por ser a forma mais econômica de comercialização dos produtos Microsoft.

    Restrições importantes do licenciamento OEM:

    Os produtos OEM, pelo fato de estarem atrelados a um determinado Hardware específico têm limitações importantes em sua licença:

    • Não é permitida a transferência do software/licença de uma máquina para outra (ou antigamente, no caso de periférico essencial, ele tinha que estar necessariamente instalado na mesma máquina onde a licença OEM era usada);
    • Se o hardware atrelado à licença for inutilizado de qualquer forma, a licença é perdida;
    • Não é permitido o downgrade (instalação de versões anteriores) do produto OEM
    • O suporte ao produto não é realizado pela Microsoft;

    Portanto, na época em que era possível comprar OEM + Hardware essencial (Um cooler, por exemplo), se o cooler parasse de funcionar, você perderia a licença. Infelizmente, essa era uma prática muito comum no mercado (e ainda é encontrada sendo anunciada, mesmo depois que a Microsoft extinguiu essa modalidade em Abril/2007, tornando-a efetivamente ilegal).

    Quando você compra o OEM com um computador novo, o hardware atrelado é o computador. Portanto, você só perde a licença se o computador inteiro for inutilizado. No reparo do mesmo, é fundamental que se substitua as partes afetadas por modelos que respeitem a configuração original em que o software veio pré-instalado.

    Isto porque você também perde a licença se você modificar o seu hardware substancialmente, a ponto de descaracterizá-lo em relação ao computador original em que o software OEM veio pré-instalado (trocando a placa-mãe por um modelo totalmente diferente, por exemplo). Isso o próprio Windows XP e 7 já testam.

    Para consultar preços e descrições de licenças OEM no site da MicroSafe, clique aqui

     


    Links de referência.

    http://www.microsafe.com.br/licenciamentoms.asp
    http://www.htforum.com/vb/archive/index.php/t-73475.html

    http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc756138%28WS.10%29.aspx

    Leonardo Côco .:. MCP / MCDST / MCTS / MCSA / ITILF .:. Se a resposta foi útil classifique-a.
    quarta-feira, 28 de dezembro de 2011 14:05

Todas as Respostas

  • Olá, tudo bem?

     

    Desculpe, mas a sua pergunta foi postada em um fórum que fala sobre MOM 2005, estou movendo a sua dúvida para o fórum mais adequado.

     

    Abraços,

     

    Cleber Marques

    Microsoft MVP & MCT | Charter Member: SCVMM & MDOP
    Projeto MOF Brasil: Simplificando o Gerenciamento de Serviços de TI
    Meu Blog | MOF.com.br | CleberMarques.com | CanalSystemCenter.com.br
    quarta-feira, 28 de dezembro de 2011 13:02
  •  

    tecnico tr,

     

    CONCEITOS SOBRE LICENCIAMENTO OEM

    A maneira correta de comercializar licenças OEM é da seguinte forma:

    Sistemas Operacionais para estações (Windows 7 Professional):

    • Com um computador completo e montado. Envolve CPU, motherboard, HD, fonte de energia e gabinete. Pode ser pré-instalado ou não;
    • ATENÇÃO! DESDE Abril/2007, NÃO É MAIS PERMITIDO ADQUIRIR QUALQUER SOFTWARE OEM JUNTO COM PERIFÉRICO ESSENCIAL (Memória, HD, etc)! SOMENTE COM COMPUTADOR NOVO, CONFORME ACIMA DESCRITO!

      Aplicativo (Office) ou Sistema Operacional para Servidor (Windows 2008):

    • Só pode ser vendido com um computador completo montado. Envolve CPU, motherboard, HD, fonte de energia e gabinete.

    Além disso, o software deve acompanhar o selo de autenticidade (COA), nota fiscal de compra do hardware junto com o software e CD-ROM com holograma Microsoft. Para visualizar esses itens, clique aqui

    Se esses produtos são vendidos conforme as informações acima, o usuário pode comprá-lo normalmente. Lembramos que o software OEM não pode ser vendido separadamente do hardware indicado conforme o caso acima, caso isto ocorra, a venda é feita de forma irregular.

    A vantagem de adquirir produto com licença OEM é o preço, por ser a forma mais econômica de comercialização dos produtos Microsoft.

    Restrições importantes do licenciamento OEM:

    Os produtos OEM, pelo fato de estarem atrelados a um determinado Hardware específico têm limitações importantes em sua licença:

    • Não é permitida a transferência do software/licença de uma máquina para outra (ou antigamente, no caso de periférico essencial, ele tinha que estar necessariamente instalado na mesma máquina onde a licença OEM era usada);
    • Se o hardware atrelado à licença for inutilizado de qualquer forma, a licença é perdida;
    • Não é permitido o downgrade (instalação de versões anteriores) do produto OEM
    • O suporte ao produto não é realizado pela Microsoft;

    Portanto, na época em que era possível comprar OEM + Hardware essencial (Um cooler, por exemplo), se o cooler parasse de funcionar, você perderia a licença. Infelizmente, essa era uma prática muito comum no mercado (e ainda é encontrada sendo anunciada, mesmo depois que a Microsoft extinguiu essa modalidade em Abril/2007, tornando-a efetivamente ilegal).

    Quando você compra o OEM com um computador novo, o hardware atrelado é o computador. Portanto, você só perde a licença se o computador inteiro for inutilizado. No reparo do mesmo, é fundamental que se substitua as partes afetadas por modelos que respeitem a configuração original em que o software veio pré-instalado.

    Isto porque você também perde a licença se você modificar o seu hardware substancialmente, a ponto de descaracterizá-lo em relação ao computador original em que o software OEM veio pré-instalado (trocando a placa-mãe por um modelo totalmente diferente, por exemplo). Isso o próprio Windows XP e 7 já testam.

    Para consultar preços e descrições de licenças OEM no site da MicroSafe, clique aqui

     


    Links de referência.

    http://www.microsafe.com.br/licenciamentoms.asp
    http://www.htforum.com/vb/archive/index.php/t-73475.html

    http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc756138%28WS.10%29.aspx

    Leonardo Côco .:. MCP / MCDST / MCTS / MCSA / ITILF .:. Se a resposta foi útil classifique-a.
    quarta-feira, 28 de dezembro de 2011 14:05