none
Dúvida sobre Log Shipping no SQL Server 2008 Std RRS feed

  • Pergunta

  • Boa Tarde,

    Hoje ainda estou trabalhando com a versão 2000 do SQL Server e estou trabalhando em uma proposta de migraçao para o SQL Server 2008.
    Um dos recursos que pode ser interessante para minha empresa é o Log Shipping. Nós não usamos este recurso no SQL Server 2000, pois nossa versão é a standard.
    O que eu gostaria de saber é qual o comportamento do Log Shipping no que diz respeito as mudanças de estruturas fisicas das tabelas? Elas não são levadas para o servidor stand by são?
    Neste caso, qual seria a implicação em manter um servidor recebendo os logs em standby e quando houver mudanças de estrutura nas tabelas executa-las em ambos os servidores (o ativo e o standby)?

    Para os que utilizam este recurso hoje, alguma consideração com relação a L.B. necessária para transferencia dos logs? O procedimento do Log Shipping gera ou favorece a ocorrencia de locks na base de dados?

    Para aqueles que tem um nível muito alto de transações em determinado periodo do mês, o Log Shipping pode apresentar algum problema?

    Jobs de backup Full e Diferencias da base de dados podem conviver com o Log Shipping?

    Obrigada,

    Luana.
    terça-feira, 7 de abril de 2009 20:51

Respostas

  • Boa Noite,

    O Log Shipping é um recurso interessante e na época do SQL Server 2000 tinha ainda um papel de mais destaque que o atual. Ele ainda é importante, mas vem perdendo um pouco o brilho em virtude de alguns inconvenientes e outras soluções (Replicação P2P, Database Mirroring, etc). Tanto que apartir do 2005 ele está disponível em qualquer versão (que não a Express).

    A arquitetura do Log Shipping irá levar tudo o que estiver presente no log de transações, mas propriamente o que estiver no backup do log de transações. Uma vez que alterações nas estruturas físicas estão presentes nos backups de log então elas estarão presentes no servidor em Stand By.

    O Log Shipping diminui a quantidade de locks uma vez que os locks de leitura serão postos no servidor Stand By e os de leitura no primário, mas tenha em mente dois aspectos nessa configuração:

    - Há um atraso entre o servidor primário e o Stand By e isso pode ser aceitável ou inaceitável negocialmente
    - Toda vez que um log for restaurado no servidor Stand By, os usuários que estiverem utilizando esse servidor serão derrubados enquanto o log é restaurado. Se você diminui a freqüência de restauração de log, esse problema é minimizado, mas o atraso entre os servidores aumentará

    O nível de transações irá aumentar o log de transações e isso irá gerar um overhead maior para o processo de backup de log de transações. Durante a restauração, o processo também será um pouco mais lento. Dizer se poderá ser sentido ou não, somente através de um teste.

    Backups Full e Diferenciais não causam qualquer transtorno para uma arquitetura de Log Shipping.

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com

    Como realizar cálculos com horas no SQL Server – Parte I
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com/blog/cns!F4F5C630410B9865!516.entry


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    quarta-feira, 8 de abril de 2009 00:42
  • isso mesmo, vc. pode tambem nao configurar o log shipping pelo sql e sim fazer a rotina com simples backjup e restore na outra ponta mantendo a outra base em stand by, o processo e o mesmo, e vc. pode alterar com backups full e diferencias. eu tenho uma backup aqui

    backup full sabados
    backup diff  de domingo a sexta
    logs (de 30 em 30 minutos parte da manha e 2 em 2 horas parte tarde)

    sendo que o full e o diff eu restauro sempre , e os de log ficam no modelo do log shipping.

    Abs.

    mcolla@bol.com.br
    terça-feira, 16 de junho de 2009 16:54
  • Colla,

    Acho muito prático e simples esta sua sugestão, alias já utilizei diversas vezes este tipo de procedimento.


    Pedro Antonio Galvão Junior - MVP - Windows Server System - SQL Server/Coordenador de Projetos/DBA
    terça-feira, 16 de junho de 2009 17:24
    Moderador

Todas as Respostas

  • Boa Noite,

    O Log Shipping é um recurso interessante e na época do SQL Server 2000 tinha ainda um papel de mais destaque que o atual. Ele ainda é importante, mas vem perdendo um pouco o brilho em virtude de alguns inconvenientes e outras soluções (Replicação P2P, Database Mirroring, etc). Tanto que apartir do 2005 ele está disponível em qualquer versão (que não a Express).

    A arquitetura do Log Shipping irá levar tudo o que estiver presente no log de transações, mas propriamente o que estiver no backup do log de transações. Uma vez que alterações nas estruturas físicas estão presentes nos backups de log então elas estarão presentes no servidor em Stand By.

    O Log Shipping diminui a quantidade de locks uma vez que os locks de leitura serão postos no servidor Stand By e os de leitura no primário, mas tenha em mente dois aspectos nessa configuração:

    - Há um atraso entre o servidor primário e o Stand By e isso pode ser aceitável ou inaceitável negocialmente
    - Toda vez que um log for restaurado no servidor Stand By, os usuários que estiverem utilizando esse servidor serão derrubados enquanto o log é restaurado. Se você diminui a freqüência de restauração de log, esse problema é minimizado, mas o atraso entre os servidores aumentará

    O nível de transações irá aumentar o log de transações e isso irá gerar um overhead maior para o processo de backup de log de transações. Durante a restauração, o processo também será um pouco mais lento. Dizer se poderá ser sentido ou não, somente através de um teste.

    Backups Full e Diferenciais não causam qualquer transtorno para uma arquitetura de Log Shipping.

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com

    Como realizar cálculos com horas no SQL Server – Parte I
    http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com/blog/cns!F4F5C630410B9865!516.entry


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    quarta-feira, 8 de abril de 2009 00:42
  • isso mesmo, vc. pode tambem nao configurar o log shipping pelo sql e sim fazer a rotina com simples backjup e restore na outra ponta mantendo a outra base em stand by, o processo e o mesmo, e vc. pode alterar com backups full e diferencias. eu tenho uma backup aqui

    backup full sabados
    backup diff  de domingo a sexta
    logs (de 30 em 30 minutos parte da manha e 2 em 2 horas parte tarde)

    sendo que o full e o diff eu restauro sempre , e os de log ficam no modelo do log shipping.

    Abs.

    mcolla@bol.com.br
    terça-feira, 16 de junho de 2009 16:54
  • Colla,

    Acho muito prático e simples esta sua sugestão, alias já utilizei diversas vezes este tipo de procedimento.


    Pedro Antonio Galvão Junior - MVP - Windows Server System - SQL Server/Coordenador de Projetos/DBA
    terça-feira, 16 de junho de 2009 17:24
    Moderador