none
Nao adicionar o WSUS durante a Instalaçao do SBS 2008 RRS feed

  • Pergunta

  • Srs.
      
    Preciso Migrar meu SBS 2003 para um SBS 2008, na rede já tenho um servidor com WSUS e ForeFront, não quero instalar o WSUS do SBS2008
    Existe essa possibilidade ?


    segunda-feira, 9 de novembro de 2009 19:32

Respostas

  • Olá,

    Após a Migração você precisará apenas desativar a policy do Wsus 2008

    GPO>Computer Config>Admin Templates>Windows Components>Windows Updates>Specify intranet Microsoft update service location


    Ou poderá também desativar o serviço:

    Start >>> Run >> Digite Services.msc e desative o Wsus


    Abraço
    MVP - Daniel Santos Blog: http://engdanielc.spaces.live.com/
    segunda-feira, 9 de novembro de 2009 22:54
    Moderador

Todas as Respostas

  • Olá,

    Após a Migração você precisará apenas desativar a policy do Wsus 2008

    GPO>Computer Config>Admin Templates>Windows Components>Windows Updates>Specify intranet Microsoft update service location


    Ou poderá também desativar o serviço:

    Start >>> Run >> Digite Services.msc e desative o Wsus


    Abraço
    MVP - Daniel Santos Blog: http://engdanielc.spaces.live.com/
    segunda-feira, 9 de novembro de 2009 22:54
    Moderador
  • Cerqueira,

    só complementando o Daniel, se vc desabilitar vai receber muitos avisos do SCE na aba de segurança.

    Grande Abraço!
    Jorge Vera - MCT/MCSA/MCITP/Small Business Specialist
    terça-feira, 10 de novembro de 2009 12:39
    Moderador
  • Cerqueira,

    só complementando o Daniel, se vc desabilitar vai receber muitos avisos do SCE na aba de segurança.

    Grande Abraço!
    Jorge Vera - MCT/MCSA/MCITP/Small Business Specialist

    Grato pela ajuda, mas aproveitando gostaria de uma opinião dos colaboradores, como estou ainda colhendo material para estudo da
    migração do SBS 2003 para o SBS 2008, gostaria de uma opinião de voces. Qual seria a melhor  sugestão de discos para o SBS
    criar RAID 1 ou RAID 5 ?
    separa as base Exchange? 
    Alguma observação a fazer quanto a migração

    Grato novamente.
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 11:36
  • Cerqueira,

    RAID sempre é bom, a sugestão seria:

    RAID 1 para o sistema
    RAID 5 para os dados

    E claro, mover a base do Exchange para o RAID 5.

    Quanto a migração é só seguir o procedimento padrão.

    Grande Abraço!
    Jorge Vera - MCT/MCSA/MCITP/Small Business Specialist
    segunda-feira, 16 de novembro de 2009 16:08
    Moderador
  • Cerqueira,

    RAID sempre é bom, a sugestão seria:

    RAID 1 para o sistema
    RAID 5 para os dados

    E claro, mover a base do Exchange para o RAID 5.

    Quanto a migração é só seguir o procedimento padrão.

    Grande Abraço!
    Jorge Vera - MCT/MCSA/MCITP/Small Business Specialist
    Ok Jorge,
    E se voce tiver somente 3 discos  e uma controladora para a instalação ?
    terça-feira, 17 de novembro de 2009 16:44
  • Cerqueira,

    todos os componentes do SBS devem ser instalados, sempre, mesmo que não desejes utilizar eles. Não há opção de não instalar algo. O que podes fazer é o sugerido pelo Daniel, de desabilitar após a instalação.

    Quanto ao RAID com 3 discos apenas deves usar RAID 1. Adicionalmente usar RAID 5 com Exchange não é um bom procedimento. Explico melhor abaixo:

    O RAID 1 duplica o número de discos, através de um espelhamento; contudo você reduz o QUEUE DEPTH dos dados pela metade, o que ajuda na performance.
    Os dados do Exchange consistem de pequenos blocos de dados, pequeno I/O portanto o RAID 1 funciona mais rápido do que o RAID 5. 
    Com RAID 5 você estará distribuindo a escrita através de vários discos, entretando isto será em poucos drives e o QUEUE DEPTH será significantemente aumentado mesmo em atividades normais de I/O. 
    Se estiver em dúvida sobre o que é Queue depth: é o número de operações de I/O que podem ser executadas ao mesmo tempo em um dispositivo.
    Normalmente é possível configurar um limite para a queue depth no subsistema do dispositivo (SDD) ou no host bus adapter (HBA). 
    Também é recomendado que utilize Raid 1 para os arquivos de log das queues SMTP e para as queues MTA.
    Depois das bases do Exchange Server e dos logs de transação, os recursos que consomem o maior volume de I/Os de disco são as queues. Exchange Server usa dois tipos de queues: a queue  MTA e a queue SMTP.
    Queues MTA são usadas como um repositório temporário de mensgens, para as mensagens recebidas de servidores Exchange 5.5, ou para mensagens que chegam através de uma conexão X.400. Queues MTA também são utilizadas como armazenamento temporário de mensagens que chegam enquanto uma caixa de mensagens está sendo movida. Queues SMTP lidam com as mensagens SMTP entrando e saindo do servidor.
    Caso você prefiro ou não juntar as queues SMTP e MTA, elas devem ser colocadas em uma partição dedicada, pelo menos. A Microsoft recomenda um volume RAID 1 baseada em SAN, na melhores práticas.
    Algusn administradores insistem em não colocar as queues em volumes separados e esse pode ser o seu caso, mas aí ao menos coloque eles em um volume diferente do que armazenará a base de dados do Exchange ou os logs de transação.
    Abraço, Carlos F. P. Rocha - Conheça http://www.carlosfprocha.com
    quarta-feira, 18 de novembro de 2009 14:48
  • Cerqueira,

    Dá uma olhada neste artigo http://www.msexchange.org/tutorials/Choosing-Storage-Exchange-Server.html antes de decidir pelo RAID a utilizar. Veja que se for utilizar por software é um processo e por hardware é outro.

    No seu caso o RAID 1 é indicado porque vc deixaria 1 disco como espera caso um dos 2 falhe.

    Não concordo com o que o Paleo colocou sobre o exchange ser melhor o RAID 1 mas defendo a opinião dele.

    O melhordos mundos seria:

    RAID 1 para o SO
    RAID 1 para o Transaction logs com different set dos discos.
    RAID 1+0 Para a Base de Dados

    Considerações sobre o Exchange: http://technet.microsoft.com/en-us/library/bb125079.aspx

    High disk latency is synonymous with slow performance . To reduce costly disk latency issues, at a minimum, you should:

    • Invest in high performance disks and spindles    It is better to have smaller capacity disks that utilize each spindle's performance than to use fewer spindles with large capacity. Fast storage with a sufficient amount of spindles is one of the most important investments you can make in your messaging infrastructure.
    • Consider performance before capacity    Relying on capacity as the primary metric for storage sizing often results in poor performance for your disk subsystem. For example, most administrators who select a RAID-5 solution do so to maximize storage usage. However, in many cases, properly sizing the performance of your spindles requires you to use more physical disks for RAID-5 than RAID-1+0.
    • Align your disks    Use Diskpart to verify that your disk tracks are sector-aligned. By using Diskpart to create aligned partitions (as compared with non-aligned partitions that are created with Disk Manager), you can increase disk performance by 20 percent. For detailed steps, see How to Align Exchange I/O with Storage Track Boundaries . Note that Diskpart can only be used with basic disks. Diskpart cannot be used with dynamic disks. Diskpart is part of the Windows Server 2003 Service Pack 1 Support Tools. Diskpart supersedes the functionality found in Diskpar, a Windows 2000 Server Resource Kit tool.

    All of these topics are discussed in detail later in this guide. In general, to optimize your storage system and avoid high disk latency issues, you need to understand:

    • The causes of Exchange disk I/O.
    • How to calculate your disk I/O requirements.
    • How to optimize your specific storage architecture.
    • How to verify the performance of your storage system.
    Abraço a todos!


    Jorge Vera - MCT/MCSA/MCITP/Small Business Specialist
    quarta-feira, 18 de novembro de 2009 23:24
    Moderador
  • Cerqueira,

    Dá uma olhada neste artigo http://www.msexchange.org/tutorials/Choosing-Storage-Exchange-Server.html antes de decidir pelo RAID a utilizar. Veja que se for utilizar por software é um processo e por hardware é outro.

    No seu caso o RAID 1 é indicado porque vc deixaria 1 disco como espera caso um dos 2 falhe.

    Não concordo com o que o Paleo colocou sobre o exchange ser melhor o RAID 1 mas defendo a opinião dele.

    O melhordos mundos seria:

    RAID 1 para o SO
    RAID 1 para o Transaction logs com different set dos discos.
    RAID 1+0 Para a Base de Dados

    Considerações sobre o Exchange: http://technet.microsoft.com/en-us/library/bb125079.aspx

    High disk latency is synonymous with slow performance . To reduce costly disk latency issues, at a minimum, you should:

    • Invest in high performance disks and spindles    It is better to have smaller capacity disks that utilize each spindle's performance than to use fewer spindles with large capacity. Fast storage with a sufficient amount of spindles is one of the most important investments you can make in your messaging infrastructure.
    • Consider performance before capacity    Relying on capacity as the primary metric for storage sizing often results in poor performance for your disk subsystem. For example, most administrators who select a RAID-5 solution do so to maximize storage usage. However, in many cases, properly sizing the performance of your spindles requires you to use more physical disks for RAID-5 than RAID-1+0.
    • Align your disks    Use Diskpart to verify that your disk tracks are sector-aligned. By using Diskpart to create aligned partitions (as compared with non-aligned partitions that are created with Disk Manager), you can increase disk performance by 20 percent. For detailed steps, see How to Align Exchange I/O with Storage Track Boundaries . Note that Diskpart can only be used with basic disks. Diskpart cannot be used with dynamic disks. Diskpart is part of the Windows Server 2003 Service Pack 1 Support Tools. Diskpart supersedes the functionality found in Diskpar, a Windows 2000 Server Resource Kit tool.

    All of these topics are discussed in detail later in this guide. In general, to optimize your storage system and avoid high disk latency issues, you need to understand:

    • The causes of Exchange disk I/O.
    • How to calculate your disk I/O requirements.
    • How to optimize your specific storage architecture.
    • How to verify the performance of your storage system.
    Abraço a todos!


    Jorge Vera - MCT/MCSA/MCITP/Small Business Specialist

    Mais uma vez obrigato a todos pela colaboração
    quinta-feira, 19 de novembro de 2009 22:25
  • Pô Jorge,

    dizer que não concorda comigo que RAID 1 é melhor do que RAID 5 para o Exchange e depois sugerir o RAID 1 me deixou meio confuso. Afinal de contas, concordas ou não?
    Sugeristes RAID 1:

    RAID 1 para o SO
    RAID 1 para o Transaction logs com different set dos discos.
    RAID 1+0 Para a Base de Dados

    Se não concorda que RAID 1 seja melhor do que 5, quais os fundamentos técnicos? Eu postei os meus.

    Note que eu estava comparando apenas RAID 1 com RAID 5, se puder utilizar RAID 1+0 será melhor ainda, mas a solução devia ser proposta para 3 discos e com 3 não dá para fazer o melhor dos mundos que sugeristes.
    Abraço, Carlos F. P. Rocha - Conheça http://www.carlosfprocha.com
    terça-feira, 24 de novembro de 2009 13:45
  • Paleo,

    Realmente não concordo que RAID 1 seja melhor que RAID 5 para o Exchange, e postei sim (http://www.msexchange.org/tutorials/Choosing-Storage-Exchange-Server.html) o porque em vários foruns e tópicos que falam sobre RAID 5 para o Exchange.

    Em várias apresentações (techEd 2008) sobre SBS esse assunto veio a tona e foi colocado, inclusive em PPTs (Fábio Hara)que o ideal era RAID 5 para as bases de exchange.

    Vale lembrar ainda que eu defendo o teu direito de achar isso, eu não acho. Só isso!

    Quanto ao cenário, sim concordo contigo que seja RAID 1 com 2 disco e 1 em espera. Agora, tu trouxe uma discussão maior sobre questões que não vem ao caso como a forma de gravação no disco. Desculpa. mas o cenário do SBS é muito pequeno para esta discussão e o benefício não seria tão grande.

    O melhor dos mundos realmente não vai acontecer com este cenário, :(

    Grande Abraço! 


    Jorge Vera - MCT/MCSA/MCITP/Small Business Specialist
    terça-feira, 24 de novembro de 2009 14:03
    Moderador
  • Sim Jorge, entendo o teu ponto e defendo o teu direito de acreditar nele, mas quero te dizer que em termos de SBS é complicado seguir a linha do RAID 5.

    Repare que no artigo que citas ele se refere apenas ao fato que vários servidores são instalados com RAID 5 configurado e que isso geraria ganho de confiabilidade e velocidade. Mas logo abaixo ele mesmo diz que isso não é ponto pacífico e que existem pontos divergentes.

    "You can still see storage experts arguing about this but a lot of servers are shipped today with all the disk drives configured using RAID-5 due to improvements in speed and reliability of RAID controllers."

    Já vi várias discussões a respeito disso e nunca vi um concenso sobre o que seria melhor, em termos de servidores SBS, o ganho de confiabilidade do RAID 5 ou o fato de não aumentar a latência de disco decorrente do uso dele. Sem falar que com 3 discos teria um único array, o que não forneceria ganho de performance (pois estará escrevendo na base de dados e no log de transações ao mesmo tempo), nem de confiabilidade (pois os logs não estariam separados da base de dados. Teriamos mais confiabilidade por poder perder um discos, mas menos em termos de disaster recovery por os logs estarem correndo o mesmo risco que a base de dados, ou seja, um ganho anularia o outro). Claro que nem vou falar em mais de um array, porque ai chegaríamos a valores proibitivos para pequenas empresas.

    No cenário desta pergunta eu colocaria os logs no terceiro disco, o que supostamente ficaria sem uso.

    Discordo que a forma de gravação não venha ao caso, pois o fato de ser SBS não significa que tenha obrigatoriamente um pequeno volume de mensagens. Não há relação direta entre número de contas de usuários e volume de mensagens. Ainda há outros fatores a serem considerados, como os IOPS (I/O per second) e nesse caso dependeria do tipo de disco sendo usado.

    A otimização sempre foi uma preocupação do mundo SBS, em função principalmente da limitação de memória a que não estão sujeitos usuários de outros mundos, por isso esse assunto costuma ser discutido em profundidade em eventos como o MVP Summit, onde reunimos MVPs de SBS, Exchange e os times de produto e conseguimos discutir de forma mais aprofundada estas questões. Chega-se ao ponto de discutir o que seria melhor RAID 1/0 ou RAID 0/1. Felizmente com o SBS 2008 muitas das limitações de hardware deixaram de existir.

    Se for considerar que devemos separar os arquivos do SQL de seus logs e dos arquivos do Exchange, além de separar o SO, usar RAID 5 num cenário de SBS se torna irreal, pela quantidade de discos que seria necessária, que não é realidade num mundo de pequenas empresas. Mesmo no mercado americano, onde os discos são mais baratos, isso não é realidade. No nosso país então, o próprio uso do RAID no SBS já é incomum. Sendo usado por um percentual bem baixo de empresas.

    Naturalmente, não vou dizer que em termos gerais eu prefira sempre RAID 1 do que RAID 5, mas no cenário de SBS ele é melhor, em função de várias limitações do hardware que pode ser usado e de orçamento da maioria dos clientes, pois com RAID 1 temos confiabilidade, menor latência e a possibilidade de separar o que deve ser separado.

    De qualquer forma, fica uma certeza. Graças a este ponto que levantamos esta se tornará uma das respostas mais completas do TechNet, :D.
    Abraço, Carlos F. P. Rocha - Conheça http://www.carlosfprocha.com
    terça-feira, 24 de novembro de 2009 14:52
  • Jorge,

    acho que aprofundamos tanto a discussão que passamos um pouco da ponto da dúvida do Cerqueira, então vou fazer um resuminho aqui, focado no problema.

    A empresa possui apenas 3 discos e uma controladora e possui duas alternativas.

    a) RAID 5 com os discos A, B e C (atribuí letras a eles para facilitar o exemplo);
    b) RAID 1 com os discos A e B, mais o disco C para armazenar os logs do Exchange.

    Agora passo à análise considerando o caso do Exchange e a disponibilidade dos dados:

    Cenário 1:
    Perdemos o disco A.

    Alternativa a)
    Adquire-se outro disco para substituir ele (compatível) e remonta-se o disco pela paridade.
    Down time entre adquirir disco, substituir e remontar pela paridade: em torno de 8 horas.

    Alternativa b)
    Altera-se a sequência de boot e inicia-se o sistema pelo disco B.
    A substituição do disco e a recomposição dele ocorrem online.
    Down time = 5 minutos

    b) 1 x 0 a)

    Cenário 2:

    Perdemos o disco B.

    Alternativa a)
    Mesmo procedimento
    Alternativa b)
    Mesmo procedimento

    b) 2 x 0 a)

    Cenário 3:
    Perdemos o disco C.

    Alternativa a)
    Mesmo procedimento
    Alternativa b)
    Sem downtime. Remonta os logs em funcionamento.

    b) 3 x 0 a)

    Cenário 4:
    Perdemos os discos A e B

    Alternativa a)
    Quase tudo perdido. Pequenos arquivos podem ser recuperados, com grande esforço, mas a maior probabilidade é de ter perdido tudo.
    Down time = ?? dias (reinstalar SO e todos os demais softwares, atualizar o sistema operacional, etc). Todos dados perdidos.

    Alternativa b)
    Sistema e programas totalmente perdidos. Mensagens de e-mail 100% recuperáveis pelo log, após a reinstalação
    Down time = ?? dias devido às reinstalações, mas ao menos não perdeu as mensagens

    b) 4 x 0 a)

    Cenário 5:
    Perdemos os discos B e C

    Alternativa a)
    Mesmo resultado do cenário 4.

    Alternativa b)
    Sistema permanece rodando pelo disco A e logs são remontados em funcionamento.
    Down time = 0

    b) 5 x 0 a)

    Naturalmente que a catástrofe dos cenários 4 e 5 só ocorre se a empresa não possuir backup ou achar que RAID substitui backup.

    De qualquer forma, o ideal seria a alternativa b), na minha opinião.
    Abraço, Carlos F. P. Rocha - Conheça http://www.carlosfprocha.com
    terça-feira, 24 de novembro de 2009 16:33
  • Paleo,

    Concordo que a discussão do SBS sempre será polemica, aqui falamos de RAID, mas imagina chegar ao ponto de discutir o AD com ISA e SQL com Exchange. Workloads competindo por um Hardware a maioria das vezes limitado...

    No momento que falo de RAID 5 é exclusivamente para o Exchange, e quando me referi ao link era sobre isso.

    Acredito que o cenário do Cerqueira, em virtude de poucos discos, para ter mais disponibilidade o RAID 1 é uma boa, e isso eu coloquei na minha resposta tb, por isso tu ficou confuso. Eu defender o 5 (para o exchange) e aconselhar o 1 para o cenário.

    Mas é o cenário que exige a configuração.

    Acredito que sim, será um dos post mais discutidos e completos sobre RAID e SBS hehehehe.

    Meu velho, tu sabes bem o que o SBS é para a MS, e sabes também do que passamos por defender nosso produto. Sempre será uma luta muito intensa.

    Mas é um dos melhores produtos que eu já trabalhei. Podes crer!!

    Grande Abraço pra ti!
    Jorge Vera - MCT/MCSA/MCITP/Small Business Specialist
    quinta-feira, 26 de novembro de 2009 01:50
    Moderador