none
Formatação do Windows 7 - Por que ela é rápida? RRS feed

  • Discussão Geral

  • Pessoal estou com uma dúvida que não consigo sanar aí na internet.
    Eu gostaria de entender como que o processo de formatação do Windows 7 consegue ser tão rápido em comparação à formatação que Windows XP realiza. Quando digo formatação me refiro só àquela etapa de exclusão de arquivos do HD. Se é que o Windows 7 "exclui" esses arquivos...

    Entendo que nenhum arquivo é completamente banido do HD, mas no windows XP o modo padrão fazia questão de sobrescrever dado por dado. Encontrei informações na internet de que o 7 só apaga informações da MBR. O ditado popular no Brasil afirma que "A pressa é inimiga da perfeição".
    Agora eu lhe pergunto: essa formatação rápida que o Windows 7 faz, pode, a longo prazo, prejudicar o desempenho do computador? Se essa técnica é melhor, por que no windows XP a formatação completa era a padrão e não a rápida?
    Desde já agradeço a atenção.

    segunda-feira, 8 de dezembro de 2014 23:00

Todas as Respostas

  • Olá amigo, como vai?

    Tenha em mente que o Windows 7 é uma evolução do Windows XP, logo, várias melhorias foram implantadas. Lembre-se também que o poder de processamento das maquinas XP era 10 (apenas exemplo), nas maquinas Win7, teoricamente, é 200. 

    Não leve em conta o dito popular para TI, se pensarmos dessa forma, discos SSD seriam péssimos.

    Abraço


    Nathan Pinotti MCTS Infra | CCNA | CAPM | ITILv3

    terça-feira, 9 de dezembro de 2014 10:02
  • Pessoal estou com uma dúvida que não consigo sanar aí na internet.
    Eu gostaria de entender como que o processo de formatação do Windows 7 consegue ser tão rápido em comparação à formatação que Windows XP realiza. Quando digo formatação me refiro só àquela etapa de exclusão de arquivos do HD. Se é que o Windows 7 "exclui" esses arquivos...

    Entendo que nenhum arquivo é completamente banido do HD, mas no windows XP o modo padrão fazia questão de sobrescrever dado por dado. Encontrei informações na internet de que o 7 só apaga informações da MBR. O ditado popular no Brasil afirma que "A pressa é inimiga da perfeição".
    Agora eu lhe pergunto: essa formatação rápida que o Windows 7 faz, pode, a longo prazo, prejudicar o desempenho do computador? Se essa técnica é melhor, por que no windows XP a formatação completa era a padrão e não a rápida?
    Desde já agradeço a atenção.

    Além do que o amigo nathan afirmou, no Windows XP a formatação padrão sempre foi NTFS rápido.
    Outros fatores como a evolução das tecnologias e dos RPM's dos discos rígidos contribuíram para o aumento da velocidade no Windows 7.


    Sergio Figueiredo
    Microsoft Certified Solutions Associate

    terça-feira, 9 de dezembro de 2014 13:46
  • Olá Nathan, obrigado pela resposta.

    Mas acho que você se ateve muito a última pergunta que eu fiz. É certo que o Win 7 foi feito para ser uma evolução dos Windows anteriores. Eu queria saber o que na realidade o Win 7 faz na etapa de exclusão dos arquivos... O que ele está configurado para fazer naquela etapa?

    Eu acho que ele não sobrescreve os dados, porque nem os softwares feitos para sobrescrever arquivos apagados levam 1 minuto ou menos que isso para concluir a limpeza! 

    O poder de processamento do Win 7 pode até ter aumentado bastante. Mas os HD's de 2001 com certeza quando comparados aos atuais não deram saltos enormes. Os Hard Disks são considerados verdadeiros gargalos no desempenho de um PC. Ou seja, a Microsoft pode até ter aprimorado o Win 7, mas não os HD's!





    terça-feira, 9 de dezembro de 2014 13:52
  • Olá!
    A formatação rápida (superficial) não exclui por completo os arquivos numa MBR, sendo possíveis de serem recuperados mesmo depois de muitas formatações desse tipo. Isto explica o que dos Programas de Recuperação de arquivos deletados e até de partições deletadas poderem ser recuperados, a exemplo do "R-Studio Data Recovery" e "Easy Recovery", entre outros. Uma formatação Completa (profunda) é aquela em que é TOTALMENTE APAGADA a MBR sendo impossível a recuperação desses arquivos com esses programas, somente com empresas totalmente capacitadas.
    Falando em desempenho o Windows XP apenas precisa de 128mb de memória para execução e um  Processador, no mínimo de 333MHz , mas a lentidão pode ser sentida na sua instalação, queira ou não queira! Leva-se em conta tudo isso. O Windows 7 faz tudo com mais precisão, mesmo exigindo um pouco mais. Eu vou mais além! Acho, pois eu comparei, que o Windows 8 é ainda um pouco mais veloz em todo o seu processo de Instalação .

    Agora tem um detalhe:
    Já que o Instalador, praticamente, é como se fosse um um "Windows Live" instalando um outro Windows", isso vai depender muito do conteúdo desses DVDs de instalação do Windows. Se for muito "enfeitado" cheio de "aguarde..." cheio de "Forms"(Janelas) e etapas, pode ter certeza que conta e muito para uma cronometragem de uma instalação.
    Espero ter lhe ajudado. 

    Márcio Silva - MS INFORMÁTICA


    terça-feira, 9 de dezembro de 2014 14:23
  • Ok. Gostaria de agradecer as respostas de todos! Obrigado.
    Me parece que grande parte das opiniões atribui simplesmente a velocidade dessa formatação, à evolução tecnológica tanto do HD como do SO.
    Mas continuo achando que o Windows 7 provavelmente foi configurado, nessa etapa específica da formatação, para ignorar certas fases da limpeza do HD (quais eu ainda não sei) quando comparado ao Win XP. Porque nem outros softwares modernos de limpeza de HD's levam tão pouco tempo para, de fato, concluir a limpeza.
    terça-feira, 9 de dezembro de 2014 15:56
  • Boa tarde Bruno.

    Peço que mude seu avatar pois o mesmo fere com as politicas do fórum aonde símbolos e logos da Microsoft é de uso apenas dos funcionários.

    Código de Conduta

    Abraços


    Matheus Leopardi Mello Canelada Campos

    Esse conteudo e fornecido sem garantias de qualquer tipo, seja expressa ou implicita.

    TechNet Community Support

    Por favor, lembre-se de Marcar como Resposta as respostas que resolveram o seu problema. Essa e uma maneira comum de reconhecer aqueles que o ajudaram e fazer com que seja mais facil para os outros visitantes encontrarem a resolusao mais tarde.

    terça-feira, 9 de dezembro de 2014 16:35
  • Meu Nobre!
    Precisas entender que todo e qualquer Sistema Operacional, mesmo sendo projetado para ser leve, desde a sua instalação até utilização é sujeito ao desempenho de um Computador.
    Vamos num raciocínio?
    Imagine você com um PC daqueles! 8 Gb de RAM, Processador I7, com uma "turbinada" Placa Gráfica e com um HD de - pelo menos - 1 Tb! Imagine esta máquina lenta? Já imaginou? Parece "brincadeira", não é? Mas isso é possível sim. Se um S.O estiver "pesado" cheio de arquivos temporários do Sistema e dos navegadores para deletarem; várias pastas de filmes deletadas e com isso, com o tempo fica aquele "buraco"(fragmentos) no Sistema,  (já que o Windows, não dispõe de uma desfragmentação automática). Não há PC que suporte isso e o Sistema avisa de um jeito ou de outro! Eu mesmo aqui, cansei de ver em meu laboratório esses casos, clientes reclamam de seus computadores com seus desempenhos, xingam por serem bons e "dão problemas", como se a culpa fosse dos seus equipamentos. Dá para entender isso, agora?

    Abraço.


    Márcio Silva - MS INFORMÁTICA


    terça-feira, 9 de dezembro de 2014 22:11
  • Bruno, defina "Limpeza". É vago demais falar que o Windows faz a limpeza do disco de forma mais rápida ou lenta. 

    Se você tem limpeza de disco como exclusão e nova escrita, o fato de sobrescrever não daria na mesma (Novos arquivos sendo escritos no disco, substituindo os antigos)?

    Do meu ponto de vista, o hardware é o que faz realmente a diferença, para a sua questão.

    Abraço


    Nathan Pinotti MCTS Infra | CCNA | CAPM | ITILv3

    quarta-feira, 10 de dezembro de 2014 02:39
  • Bruno, defina "Limpeza". É vago demais falar que o Windows faz a limpeza do disco de forma mais rápida ou lenta. 

    Se você tem limpeza de disco como exclusão e nova escrita, o fato de sobrescrever não daria na mesma (Novos arquivos sendo escritos no disco, substituindo os antigos)?

    Do meu ponto de vista, o hardware é o que faz realmente a diferença, para a sua questão.

    Abraço


    Nathan Pinotti MCTS Infra | CCNA | CAPM | ITILv3


    Justamente é o que estou comentando acima, depende do desempenho do Computador. Acho que nosso amigo ainda não se convenceu disto. Abraço!

    Márcio Silva - MS INFORMÁTICA

    quarta-feira, 10 de dezembro de 2014 03:17
  • Márcio Silva, vamos lá

    Imagine eu com um PC daqueles! 8 Gb de RAM, Processador I7, com uma "turbinada" Placa Gráfica e com um HD de - pelo menos - 1 Tb! Se eu formatar essa máquina para colocar o Win XP ele vai continuar levando mais de 1 hora para excluir os arquivos do disco rígido.
    Mas se eu for formatar essa máquina com o Win 7 ele vai continuar levando menos de 1 minuto para excluir os arquivos do disco rígido.
    Ou seja, eu utilizo a mesma máquina, mas o tempo da formatação varia por causa do Sistema Operacional. Não é possível, tem que haver alguma mudança nesse comando. Nessa imagem, ilustro melhor a que parte me refiro. Quando clicamos nesse botão Format, podemos notar a diferença de tempo entre os S.O's para excluir os arquivos!

    Eu quero saber então, a que se deve o fato de o Windows 7 conseguir levar um menor tempo para concluir a formatação.





    quinta-feira, 11 de dezembro de 2014 15:14
  • Bruno, defina "Limpeza". É vago demais falar que o Windows faz a limpeza do disco de forma mais rápida ou lenta. 

    Se você tem limpeza de disco como exclusão e nova escrita, o fato de sobrescrever não daria na mesma (Novos arquivos sendo escritos no disco, substituindo os antigos)?

    Do meu ponto de vista, o hardware é o que faz realmente a diferença, para a sua questão.

    Abraço


    Nathan Pinotti MCTS Infra | CCNA | CAPM | ITILv3

    Exatamente, já pensei nisso, pode ser que a Microsoft tenha pensado assim também... entendendo que o fato de sobrescrever dá na mesma (Novos arquivos do SO sendo escritos no disco, substituindo os antigos).

    Mas tenho dúvidas se isso não é prejudicial! Porque quando peço pro CCleaner limpar o "Espaço livre", isto é, os arquivos que já foram apagados, eu ganho espaço em disco(2GB, 6GB, 10GB) e já notei isso em 3 computadores diferentes. Na formatação não seria melhor escrever zeros em todos o blocos então?

    quinta-feira, 11 de dezembro de 2014 15:24
  • Parta do principio que a partição do HD já havia sido criada uma vez. Então o sistema identifica que as trilhas já estão criadas e faz um delete rápido apagando assim os sistemas de arquivos existentes no PC.

    Se você reparar, no modo de prompt de comando, se você fizer o format com o parâmetro /quick, também fará uma formatação rápida.

    quinta-feira, 11 de dezembro de 2014 17:29
  • Oi Bruno. Tudo bom?

    Então, é exatamente isso que os amigos falaram, quando você disse que clica no botão formatar no setup do Windows e isso ocorre no mesmo segundo, é que na verdade ele não foi "formatado" ele só marca o HD como "Limpo" para que no momento da instalação ele instale por cima do que estava antes.

    Isso não causa problemas no HD, acredito eu que até amplia a vida do mesmo, porque quando você faz a formatação completa, o sistema começa a escrever um monte de 00000s no HD, informando que ele está vazio, depois você instala o SO, aplicações, etc, tudo em cima desses 0000s, sendo assim você gravou DUAS vezes no mesmo disco, sendo que podia simplesmente fazer a formatação rápida e gravar por cima, utilizando UMA gravação somente. O fato do CCleaner encontrar suas coisas antigas no HD que ainda não foram sobescritas, é normal, isso realmente tem que ocorrer, afinal de contas as suas coisas ainda estão lá, e vão estar até que algo seja escrito por cima, isso na teoria, aparentemente já existem meios de recuperar até isso.

    O fato do Windows XP utilizar a formatação completa e o Windows 7 a rápida, não sei te dizer o real motivo disso, mas provavelmente é pra agilizar a instalação, além do fato de que quando o XP foi lançado, a média de tamanhos de HD era 40GB e 80GB, então imagina ter que formatar 750GB hoje em dia, você ia demorar duas eternidades e meia pra instalar o Windows. Então isso não é viável de maneira alguma hoje em dia.

    Caso você tenha muita paciência, muuuita mesmo, você pode fazer o seguinte:

    Quando abrir o CD de setup do Windows, vai na área de recuperação, uma das opções é abrir o prompt, faça a formatação completa pelo diskpart e depois siga a instalação normal. De uma olhada nesse link para ver os comandos:

    https://support.microsoft.com/kb/300415/pt-br?wa=wsignin1.0

    Abraço.

    terça-feira, 23 de dezembro de 2014 18:59
  • Obrigado Richard.

    Gostei muito da sua resposta porque você deu as suas próprias opiniões, inclusive nas partes técnicas do assunto. Realmente, pode ser melhor porque a escrita acontece apenas uma vez, e não duas vezes como é na formatação completa.
    Não tinha pensado na capacidade dos HDs na época do Win Xp, com certeza demoraria mais para "cobrir" todos esses gigabytes de hoje em dia desses discos, isso com certeza contribuiu para a formatação rápida ser a padrão do Windows 7.

    Então, acho que a capacidade em disco não é prejudicada porque como você disse o HD é marcado como "limpo"; tendo, portanto, o espaço do HD completamente disponível.



    terça-feira, 23 de dezembro de 2014 22:34
  • Há detalhes nisso tudo:

    O Windows 98 tinha uma função muito boa de se formatar um HD era demorado pra "xuxu" para uma Formatação Normal(completa) mas que deixava o HD bem "zeradinho", o Windows XP também tinha uma formatação tanto para FAT32 como para NTFS de duas formas: Formatação Normal ou Rápida. Já a partir do Windows 7, usando a o programa do DVD de instalação normalmente, não tem essa função de Formatação Normal, é feita uma rápida e logo é copiado os arquivos e sua instalação. Te pergunto: Será que isto não te responde? Como comparar o Windows 7 como o XP? Ou Vice versa? Será que o Windows 7 não teria também um tempo a gastar se fosse para uma Formatação Normal? Na verdade, se ambos forem usar NTFS então o que se há de discutir? O que está em "jogo" então é o TIPO DE FORMATAÇÃO, assim vejo! Abraço.
    Amigo, dá uma olhada neste link:

    Tamanho de cluster padrão para NTFS, FAT e exFAT



    Afaste-se da Cidade e só então verás a que altura estão as torres acima das casas - MS INFORMÁTICA



    quarta-feira, 24 de dezembro de 2014 03:04