locked
Server 2003 - Acesso ao Outlook e arquivos individuais RRS feed

  • Pergunta

  • Boa noite!

    Estou com uma dúvida..

    Aqui na empresa no momento utilizamos o Terminal Server para acessar o Outlook, arquivos e programas da empresa, pois assim consigo utilizar de qualquer computador.

    A dúvida que tenho é a seguinte, se eu adicionar os computadores clientes no domínio, as informações (Meus Documentos e Emails Outlook) ficam salvas no servidor ou no computador local? Existe algum modo além do Terminal Server para realizar o acesso de qualquer computador? Sendo que cada usuário possui a sua configuração.

    E também tem algum modo para que eu possa sincronizar automaticamente os arquivos do servidor com os arquivos do computador?

    Se eu estiver alterando um arquivo do Word e outra pessoa abrir e por exemplo eu digitar uma frase e a outra pessoa alterar a formatação no mesmo instante. Ele recebe as alterações em tempo real?

    Att.

    sexta-feira, 6 de abril de 2012 03:08

Respostas

  • Bom dia, Rafael.

    Isso que você está querendo se chama Perfil Móvel.

    Em relação ao Outlook eu não tenho certeza se ele pega todas as configurações, pois algumas não ficam localizadas no perfil.

    Por acaso você possui servidor de E-mail Exchange? Pois aí ficaria muito fácil já que o Exchange é integrado ao Active Directory

    Caso trabalhe com arquivos .pst será necessário inicialmente colocar os arquivos em rede, ou seja, no servidor, pois deverá ficar em um local centralizado onde os usuários poderão ter acesso.

    Dessa forma, você terá que configurar as contas de usuários apontando para o servidor ao invés de apontar para a estação local.

    Mas lembre-se de um detalhe, a partir dessas configurações de perfil móvel, o número de solicitações, requisições de leitura e escrita do disco, processamento e memória serão bastante requisitados no servidor.

    Avalie o seu ambiente primeiro se terá condições de suportar isso, pois o perfil móvel utilizamos em um ambiente simples com poucas máquinas.

    Segue um tutorial para aplicar o perfil móvel:

    http://www.baboo.com.br/conteudo/modelos/Roaming-Profile-Perfil-Movel_a11561_z0.aspx


    Wallison Francisco Gomes |MCP - MCDST - MCTS| Caso a informação seja útil, não se esqueça de pontuar!

    • Marcado como Resposta Richard Juhasz segunda-feira, 9 de abril de 2012 12:20
    sexta-feira, 6 de abril de 2012 12:00
  • Boa noite

    Rafael, o que você precisa é exclusivamente relacionado aos e-mails?

    Se SIM, eu vejo 2 formas práticas de resolver:

    1 = Trabalhar com e-mails no formato IMAP. Dessa forma, todas as alterações feitas nos e-mails, ficam armazenadas no servidor.. e independente de onde acessar, usando IMAP, irá ler mensagens recebidas e enviadas, pois elas ficam armazenadas no servidor.

    2 = No caso do Microsoft Outlook, que utiliza os e-mails em um arquivo PST, eu costumo armazenar este arquivo PST no servidor, na pasta pessoal do usuário. Configuro o Microsoft Outlook para utilizar este arquivo na rede. Assim, se o usuário estiver no computador dele, irá acessar o arquivo PST da rede, consequentemente, irá acessar todos os e-mails recebidos e enviados. Se utilizar dentro do TS, com o Microsoft Outlook acessando este mesmo PST na rede, irá acessar tambem todos os e-mails pelo TS..

    O problema que pode ocorrer, neste caso, é que.. enquanto o Microsoft Outlook estiver utilizando este PST, por exemplo dentro do TS, este arquivo PST fica "bloqueado" para uso, até que o Microsoft Outlook seja finalizado. Pense no caso do usuário deixar a sessão TS aberta com o Microsoft Outlook aberto.. Ele não conseguirá acessar da máquina dele até que ele finalize o Microsoft Outlook dentro do TS.

    Avalie seu ambiente, e veja qual a melhor opção..

    Eu, particularmente, não utilizo perfil móvel em meus clientes, pela infra da rede da maioria deles.. Tempo de login e logoff, dependendo do tamanho das pastas do perfil, as vezes demoram demais..

    Por isso, costumo armazenar e-mails e documentos direto no servidor, e apenas altero o caminho deles nas estações, para usarem da rede.

    Abraços

    Rogerio

    • Marcado como Resposta Richard Juhasz segunda-feira, 9 de abril de 2012 12:20
    sábado, 7 de abril de 2012 01:54

Todas as Respostas

  • Boa noite, Rafael. 

    O fato do computador ingressar no domínio permite uma administração e segurança centralizados de forma que o administrador tenha melhores condições de monitoração de administração do ambiente. Não que dizer necessariamente quer os arquivos ficarão salvos no servidor, mas a partir de um controlador de domínio é possível realizar essa configuração para que tanto os Meus Documentos quanto seus arquivos fiquem no Servidor. Mas isso vai mais do ambiente de cada um, pode ser tanto local como no servidor, basta você configurar uma Group Policy (GPO) e redirecionar a pasta Meus documentos para o Servidor. Assim no momento que o usuário clicar nos Meus Documentos estará acessando diretamente o servidor e assim você poderá fazer backups de maneira mais centralizada.

    Mas no momento em que os computadores estiverem no domínio, os perfis do usuários mudarão, ou seja, será criada uma pasta em C:\Users ou Documents and Settings com o nome de usuário do domínio e não com usuário local, então será necessário copiar os dados do perfil local para o perfil de usuário do domínio.

    Existe algum modo além do Terminal Services para realizar o acesso de qualquer computador?

    Isso vai depender do seu cenário... qual é a necessidade do Terminal Services? Pois colocando as máquinas no domínio dependendo do seu ambiente nem será necessário a utilização do Terminal Services, pois qualquer máquina acessará os arquivos que deseja, o interessante de tudo isso é poder inserir políticas de segurança onde o usuários poderão acessar os arquivos que corresponder ao seu departamento ao invés de "vasculharem" documentos diversos.

    E além disso com o domínio, você não estará "pendurado" no servidor gastando recursos do sistema e muito menos correr o risco de usuários prejudicarem por meio de alguma falha o próprio servidor.

    Mas como disse, depende de como é o seu cenário atualmente e a necessidade do Terminal Services. 

    E também tem algum modo para que eu possa sincronizar automaticamente os arquivos do servidor com os arquivos do computador?

    No Windows 7 é possível habilitar a sincronização automática e no Windows XP você poderá habilitar os Arquivos Offline, mas não é possível executar a alteração no mesmo instante simultaneamente de modo que receba alteração em tempo real, mas isso gera muitos conflitos e confusão, pois as informações não se cruzam, então nesse modo o último que sincronizar terá o arquivo atualizado com sua alteração enquanto o outro perderá o que fez.



    Esse recurso é bom quando o servidor fica indisponível e você  possui o arquivo local, depois é só sincronizar e tudo fica certo.


    Wallison Francisco Gomes |MCP - MCDST - MCTS| Caso a informação seja útil, não se esqueça de pontuar!


    sexta-feira, 6 de abril de 2012 03:49
  • Então, mas se no computador do João com o usuário João (user do domínio), eu configurar o Outlook e enviar e receber alguns emails, criar alguns arquivos salvar nos meus documentos, executar alguns programas que possuem o banco de dados no servidor.

    E depois o João for no computador da Maria e logar com o usuário dele, ele terá acesso ao Outlook com todos os emails recebidos e enviados, no caso com toda alteração realizada no seu próprio computador? É disso que preciso no momento..

    sexta-feira, 6 de abril de 2012 04:14
  • Bom dia, Rafael.

    Isso que você está querendo se chama Perfil Móvel.

    Em relação ao Outlook eu não tenho certeza se ele pega todas as configurações, pois algumas não ficam localizadas no perfil.

    Por acaso você possui servidor de E-mail Exchange? Pois aí ficaria muito fácil já que o Exchange é integrado ao Active Directory

    Caso trabalhe com arquivos .pst será necessário inicialmente colocar os arquivos em rede, ou seja, no servidor, pois deverá ficar em um local centralizado onde os usuários poderão ter acesso.

    Dessa forma, você terá que configurar as contas de usuários apontando para o servidor ao invés de apontar para a estação local.

    Mas lembre-se de um detalhe, a partir dessas configurações de perfil móvel, o número de solicitações, requisições de leitura e escrita do disco, processamento e memória serão bastante requisitados no servidor.

    Avalie o seu ambiente primeiro se terá condições de suportar isso, pois o perfil móvel utilizamos em um ambiente simples com poucas máquinas.

    Segue um tutorial para aplicar o perfil móvel:

    http://www.baboo.com.br/conteudo/modelos/Roaming-Profile-Perfil-Movel_a11561_z0.aspx


    Wallison Francisco Gomes |MCP - MCDST - MCTS| Caso a informação seja útil, não se esqueça de pontuar!

    • Marcado como Resposta Richard Juhasz segunda-feira, 9 de abril de 2012 12:20
    sexta-feira, 6 de abril de 2012 12:00
  • Boa noite

    Rafael, o que você precisa é exclusivamente relacionado aos e-mails?

    Se SIM, eu vejo 2 formas práticas de resolver:

    1 = Trabalhar com e-mails no formato IMAP. Dessa forma, todas as alterações feitas nos e-mails, ficam armazenadas no servidor.. e independente de onde acessar, usando IMAP, irá ler mensagens recebidas e enviadas, pois elas ficam armazenadas no servidor.

    2 = No caso do Microsoft Outlook, que utiliza os e-mails em um arquivo PST, eu costumo armazenar este arquivo PST no servidor, na pasta pessoal do usuário. Configuro o Microsoft Outlook para utilizar este arquivo na rede. Assim, se o usuário estiver no computador dele, irá acessar o arquivo PST da rede, consequentemente, irá acessar todos os e-mails recebidos e enviados. Se utilizar dentro do TS, com o Microsoft Outlook acessando este mesmo PST na rede, irá acessar tambem todos os e-mails pelo TS..

    O problema que pode ocorrer, neste caso, é que.. enquanto o Microsoft Outlook estiver utilizando este PST, por exemplo dentro do TS, este arquivo PST fica "bloqueado" para uso, até que o Microsoft Outlook seja finalizado. Pense no caso do usuário deixar a sessão TS aberta com o Microsoft Outlook aberto.. Ele não conseguirá acessar da máquina dele até que ele finalize o Microsoft Outlook dentro do TS.

    Avalie seu ambiente, e veja qual a melhor opção..

    Eu, particularmente, não utilizo perfil móvel em meus clientes, pela infra da rede da maioria deles.. Tempo de login e logoff, dependendo do tamanho das pastas do perfil, as vezes demoram demais..

    Por isso, costumo armazenar e-mails e documentos direto no servidor, e apenas altero o caminho deles nas estações, para usarem da rede.

    Abraços

    Rogerio

    • Marcado como Resposta Richard Juhasz segunda-feira, 9 de abril de 2012 12:20
    sábado, 7 de abril de 2012 01:54
  • Bom dia

    Possuímos 41 computadores, mas somente 7 utilizam o servidor, tanto para compartilhar arquivos quanto para acessar o Terminal.

    Foi me passado para os 7 usuários utilizarem o email, documentos, arquivos e programas ou seja tudo que se refere ao conteúdo da empresa, esteja no servidor.

    Exceto programas pesados e que só um usuário utiliza como Photoshop e Corel.

    Eu queria saber se haveria outra maneira, mas teria que ser mais leve que o Terminal Server, porque pra mim o problema é o servidor.

    Servidor :

    Core 2 Duo 2.66 GHz

    3 GB de Ram

    1 TB de HD

    Rede 100 Mbps

    _______________

    O HD tem 4 meses, mas direto fica travando mesmo quando tem somente um usuário no TS e quando está realizando a escrita no disco, fica um barulho que eu ouvia quando tinha um PC com o Win98... parece que a qualquer momento ele vai travar de vez...

    Eu queria ter uma noção melhor do que pode ser o problema para passar ao meu chefe um servidor que atenda os nossos requisitos e tenha um custo baixo...

    Voltando...

    Os emails serão acessados somente no TS e alguns arquivos deveriam ser sincronizados automaticamente com o PC local, para caso o Servidor parar a pessoa poder trabalhar normalmente, com os arquivos mais utilizados, e assim que o servidor iniciar sincronizar com o pc novamente.

    Abraços


    Erik

    sexta-feira, 13 de abril de 2012 15:03
  • Boa noite Erik

    Problemas de lentidão.. eu sempre encontro, em servidores, que utilizam discos SATA.. o processo de leitura/escrita do disco é realmente bastante lento. o que faz o mesmo travar constantemente..

    Mas, isso não seria um problema, para montar a estrutura.. Só não é tão confiável quanto um disco SAS.

    No caso de sua empresa, avaliando o ambiente..

    Possuem 41 computadores, que não utilizam o servidor.. correto? Como fica o backup dos dados destes computadores?

    Eu costumo centralizar os arquivos de todos os computadores da empresa, sendo estes E-mails / Documentos, de tal forma, que se alguma máquina pegar vírus, ou queimar o HD, por exemplo, os dados importantes, estão dentro do servidor, e este possui rotinas de backup, para dispositivos externos.. que, por ter baixo custo, usamos HD USB.

    Sobre o seu exemplo.. de "João usar o computador da Maria, ter acesso a seus arquivos / documentos", pode ser feito, como o Wallison sugeriu, com Perfis Móveis..

    Ou, da forma como eu falei.. porém, esta forma que eu sugeri, é válida, para o caso, do joão usar o computador da maria, mas conectar no servidor por TS.. Na sessão dele, se você configurar o caminho dos Meus documentos e dos E-mails para utilizar dentro do servidor, em uma pasta pessoal deste usuário.. funcionaria 100%.

    Mas, antes de você pensar em utilizar desta forma, recomendo fazer uma avaliação do seu servidor.

    Primeiro, barulho com disco, pode ser barulho normal de acesso a dados, ou pode ser sinal de disco agonizando (rs).. nas ultimas.

    No caso de ter 41 computadores na empresa, eu recomendaria levantar o "problema" de não ter backup dos dados dos 41 usuários.. e sugeria a possibilidade de comprar um servidor mais parrudo.. que seria com discos SAS..

    Algo, como um Dell T410, que é de custo mediano.. Ou um de custo menor, T110, mas este, acho que só tem opção para discos SATA.. o que levaria você novamente a lentidão no acesso aos dados.

    Seriam estas minhas sugestões.

    É possível fazer como você quer, porém, antes de centralizar os dados no servidor.. recomendo verificar se o servidor está OK.. para não haver perdas de dados, caso o disco do servidor esteja com problemas.

    Abraços

    sábado, 14 de abril de 2012 02:51