none
Duvida com RAIDS RRS feed

  • Pergunta

  • Olá,

     

    Estou com uma duvida em relação a RAIDS, para a tempdb = raid 0, data = (ideal 10) no mundo real 5...rs.... e para o disco de log?

    RAID 0? se corromper, ja era, perdi meu arquivo de log, que é importante para a base se manter ativa

    RAID 5? tem a segurança de poder perder um disco, mas nao ficaria lento?

    Estava pensando em um RAID 3, pois utiliza a memoria para guardar, nao seria o ideal para dados pois haveria perda de dados, mas para o log, creio que não haja problemas.....

     

    Não pensando em arquivos ndf em diferentes disco, nada assim, mesmo por que meu foco esta nos arquivos de log


    ---------------------------------------------- Para dicas SQL Server e mais -> www.onlywhatmatters.wordpress.com
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 12:38
    Moderador

Respostas

  • Boa Tarde,

    RAID 0 é para performance, mas se você quer disponibilidade não deve utilizar esse RAID. Mesmo que o TempDB e o Log fiquem em RAID0, sua queda irá parar a base. No caso do Log, ainda que o MDF tenha os dados, a perda do LOG pode sim corromper dados e nesse caso é uma excelente razão para não colocá-lo em RAID 0.

    Normalmente o LOG e o SO são implementados em RAID1. Tem vazão, tem redundância e pode ser feito com dois discos. A taxa de perda é 50%, mas como normalmente volumes de log são menores não há problema

    Uma ressalva sobre esse assunto. Você escolher o tipo de RAID para bases de dados com base naquelas velhas premissas é algo muito ultrapassado (RAID5 é econômico, mas lento. RAID 1 é rápido, mas desperdiça. RAID 10 tem desempenho e redundância, mas gasta muito...)

    A menos que você esteja implementando o RAID em nível de software, acho que os critérios de escolher o RAID são outros. Hoje o que manda no storage não é propriamente o nível de RAID, mas principalmente a bateria do storage. Se você tiver uma bateria adequada, é possível que não faça diferença se o storage usa RAID1, RAID5 ou RAID10. Os dados vão para a bateria e para o SO isso já é considerado uma gravação. Outro ponto é a vazão. Todos sabem que bases com escrita intensa não vão se favorecer de uma implementação em RAID5. Mas isso é irrelevante se o RAID5 dar a vazão necessária. Se eu tiver uma escrita média de 10ms em RAID5 e 5ms em RAID10, eu sinceramente ficaria com o RAID5. Na maioria das vezes não faria sentido por exemplo gastar muito dinheiro para trocar o nível de RAID por conta de 5ms. Provavelmente só o tráfego de rede e o display da aplicação já consumem muito mais que isso e o ganho de 5ms não faria diferença (embora custasse um bocado).

    A escolha do RAID deve aliar as economias financeiras de um RAID para o outro, a vazão necessária e a tolerância à falhas. Analisar o RAID apenas porque tal RAID é mais rápido ou mais lento pode levar a decisões ruins.

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.wordpress.com


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 17:05

Todas as Respostas

  • Boa Tarde,

    RAID 0 é para performance, mas se você quer disponibilidade não deve utilizar esse RAID. Mesmo que o TempDB e o Log fiquem em RAID0, sua queda irá parar a base. No caso do Log, ainda que o MDF tenha os dados, a perda do LOG pode sim corromper dados e nesse caso é uma excelente razão para não colocá-lo em RAID 0.

    Normalmente o LOG e o SO são implementados em RAID1. Tem vazão, tem redundância e pode ser feito com dois discos. A taxa de perda é 50%, mas como normalmente volumes de log são menores não há problema

    Uma ressalva sobre esse assunto. Você escolher o tipo de RAID para bases de dados com base naquelas velhas premissas é algo muito ultrapassado (RAID5 é econômico, mas lento. RAID 1 é rápido, mas desperdiça. RAID 10 tem desempenho e redundância, mas gasta muito...)

    A menos que você esteja implementando o RAID em nível de software, acho que os critérios de escolher o RAID são outros. Hoje o que manda no storage não é propriamente o nível de RAID, mas principalmente a bateria do storage. Se você tiver uma bateria adequada, é possível que não faça diferença se o storage usa RAID1, RAID5 ou RAID10. Os dados vão para a bateria e para o SO isso já é considerado uma gravação. Outro ponto é a vazão. Todos sabem que bases com escrita intensa não vão se favorecer de uma implementação em RAID5. Mas isso é irrelevante se o RAID5 dar a vazão necessária. Se eu tiver uma escrita média de 10ms em RAID5 e 5ms em RAID10, eu sinceramente ficaria com o RAID5. Na maioria das vezes não faria sentido por exemplo gastar muito dinheiro para trocar o nível de RAID por conta de 5ms. Provavelmente só o tráfego de rede e o display da aplicação já consumem muito mais que isso e o ganho de 5ms não faria diferença (embora custasse um bocado).

    A escolha do RAID deve aliar as economias financeiras de um RAID para o outro, a vazão necessária e a tolerância à falhas. Analisar o RAID apenas porque tal RAID é mais rápido ou mais lento pode levar a decisões ruins.

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.wordpress.com


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 17:05
  • Entendi Gustavo, muito obrigado, agora, só mais uma duvida, toda parte de hardware não entendo nada, sei o que é um raid por exemplo e como funcionam, mas em relação aos discos em si, desocnheco, qualquer disco pode ser colocado em qualquer raid ou existem hardwares especificos para raids especificos...?
    ---------------------------------------------- Para dicas SQL Server e mais -> www.onlywhatmatters.wordpress.com
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 17:10
    Moderador
  • Olá Caputofa,

    Antes de propriamente continuarmos, qual a necessidade de definir o nível de RAID ? Você está comprando ou especificando uma solução de storage ? Está implementando algo em nível de Windows para laboratório ?

    [ ]s,

    Gustavo Maia Aguiar
    http://gustavomaiaaguiar.wordpress.com


    Classifique as respostas. O seu feedback é imprescindível
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 17:25
  • Gustavo, não, na verdade ja esta implementado os raids, mas ontem eu descobri que só usava os 0, 1, 5, 10, resolvi então ver os outros raid, e achei interessante o RAID 3, mas me informei com uma pessoa aqui falando que não hardware para o mesmo....
    ---------------------------------------------- Para dicas SQL Server e mais -> www.onlywhatmatters.wordpress.com
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 18:07
    Moderador

  • Olá,
    veja o artigo que recomendamos para alocação do TempDB
    http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc966534.aspx

    Consider configuration of TEMPDB database

    • Make sure to move TEMPDB to adequate storage and pre-size after installing SQL Server.

    • Performance may benefit if TEMPDB is placed on RAID 1+0 (dependent on TEMPDB usage).

    • For the TEMPDB database, create 1 data file per CPU, as described in #8 below.

    Lining up the number of data files with CPU’s has scalability advantages for allocation intensive workloads.

    • It is recommended to have .25 to 1 data files (per filegroup) for each CPU on the host server.

    • This is especially true for TEMPDB where the recommendation is 1 data file per CPU.

    • Dual core counts as 2 CPUs; logical procs (hyperthreading) do not.


      Abs,


    Fábio Oliveira Support Engieer | Microsoft Enterprise and Developer Support
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 18:08
  • Fabio,

     

    Quanto a tempdb ok, na verdade, minha duvida agora é mto mais para aprender mesmo do que por em pratica (rs...)...


    ---------------------------------------------- Para dicas SQL Server e mais -> www.onlywhatmatters.wordpress.com
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 19:12
    Moderador
  • Olá,

    é Realmente não sou muito bom em HW, mas acredito que você vai encontrar muitos artigos em uma simples busca no BING =)

    abs,


    Fábio Oliveira Support Engieer | Microsoft Enterprise and Developer Support
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 19:19
  • Fabio, dei uma procurada , encontrei muitas coisas sobre raid e tudo mais, e exatamente por isso que me interessei tanto pelo raid 3, pois ele é um raid para guardar arquivos sequenciais (log do sql), e ainda possui uma garantia de falha, mas todos diziam que era o menos utilizado mas nenhum disse o por que exatamente, e não houve nenhum depoimento de uma epssoa usando-o na pratica....

     

    E em relação a hardware, não consegui achar nada se existe um especifico para o raid 3 por exemplo....


    ---------------------------------------------- Para dicas SQL Server e mais -> www.onlywhatmatters.wordpress.com
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 19:22
    Moderador
  • Opa,

    Não sei muita coisa sobre RAID 3 e estou no mesmo passo que você, mas tenho certeza que nos não recomendandos este RAID para o SQL =)

    As nossas recomendações estão no artigo que te passei.

    Agora seria interessante ver se alguém já implementou e qual a são as recomendações.

    Abs,


    Fábio Oliveira Support Engieer | Microsoft Enterprise and Developer Support
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 19:35
  • rs.....bom, vamos ver se alguem que ja implementou veja esta thered, por que, não vejo motivos para não implementar um raid 3 para log, teoricamente ele faz tudo que um disco de log precisa, uma vez que ele é bom para gravação e não leitura, e sequencialmente.....Todo caso, Vlw Fabio!
    ---------------------------------------------- Para dicas SQL Server e mais -> www.onlywhatmatters.wordpress.com
    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011 19:44
    Moderador