none
MCSA - Ainda vale a pena em até fevereiro de 2011? RRS feed

  • Pergunta

  • Turma Bom dia!

    Sei que tem outros post relacionados a isto...

    Porém achei eles bem antigos....

    Tenho plano de tirar o MCSA, porém pelo meu plano só conseguirei até fevereiro de 2011...

    Será que vale a pena? Vejo que o mercado usa muito o XP e o Server 2003 ainda, conheço poucas empresas com o 2008 ou Vista e 7...

    Preciso da opinião de vcs!

    Abraços...

    segunda-feira, 11 de outubro de 2010 14:02

Respostas

  • Rafael,

    Tudo é questão de visão. E isto irá depender de cada um... Não existe uma regra geral..

    É interessante notar que o mercado de trabalho para as certificações relacionadas com o Windows Server 2008 está se expandindo bastante nos últimos meses. Eu acredito que no início do ano passado, por exemplo, existia uma média de que para 10 oportunidades de trabalho na área de tecnologia solicitando certificações de servidores da Microsoft, 9 eram para a certificação MCSE e somente 1 era para a MCITP – Enterprise Administrator on Windows Server 2008. Entretanto, este quadro está mudando de maneira rápida, e hoje eu acredito que existe um placar de 6 para MCSE e 4 para MCITP para as novas oportunidades. Aposto que ainda este ano esse número ficará 50% para cada lado.

    É fato que o market share do Windows Server 2003 é bem maior do que o Windows Server 2008. Mas pense comigo Rafael… Um dia essas pessoas terão que migrar para o Windows Server 2008, não? Agora vem a grande pergunta, compensa fazer certificações relacionadas com o Server 2008 visto que ele não é o servidor mais presente no mercado atualmente? Claro que compensa! Esta certificação é a substituta da tão conhecida MCSE, e como falei anteriormente, os clientes um dia terão que migrar a sua infraestrutura para o Windows Server 2008 e irão precisar de profissionais qualificados para administrar esse sistema. Os pontos vitais da versão de servidores ainda continuam no Windows Server 2008. Por outro lado, temos grandes novidades e inovações que irão fazer a diferença caso você possua esse conhecimento, principalmente quando pensamos em segurança.

    Como você já deve saber, uma certificação cobra todos os pontos de um produto, principalmente as suas novidades em relação a versão anterior. Será através desse seu estudo para ser aprovado na certificação, que você irá conhecer o que existe de melhor no Server 2008. Além disso, hoje existem mais cursos para os novos produtos da Microsoft do que para os antigos. Nos grandes centros de treinamentos parceiros da Microsoft, é muito mais fácil você achar um treinamento para Windows Server 2008 do que para Windows Server 2003.

    Outra pergunta bastante interessante que sempre respondo é se é mais fácil conseguir a MCITP – Enterprise Administrator do que conseguir a MCSE? Essa pergunta depende muito do conhecimento de cada pessoa. Se levarmos em consideração o número de provas, é bem mais fácil conseguir a certificação para Server 2008, pois para chegar no título de Enterprise Administrator (título máximo para este produto), você terá que realizar apenas 5 exames. Já para MCSE, esse número pode chegar a até 8 exames. Vale lembrar que as novas provas de MCITP e MCTS estão bem melhores elaboradas do que as certificações MCP. As perguntas são mais objetivas e possuem uma melhor relação com o dia a dia de um profissional da área de TI. Outro ponto super importante é para os profissionais que não possuem o conhecimento do idioma inglês. Os exames para a certificação MCITP Enterprise poderão ser feitos todos em português. Por outro lado, para a certificação de MCSE, você encontrará exames que somente estarão disponíveis no idioma inglês, como é o caso da 70-293 e 70-294, por exemplo.

    A dica que eu sempre dou para é a seguinte, caso você queira um emprego para ontem, corra atrás da certificação MCSE/MCSA. Porém, caso você queira partir na frente e ser um dos primeiros profissionais capacitados para trabalhar no Windows Server 2008, vá em frente e faça o MCITP Enterprise Administrator. Além disso, o número de profissionais certificados em MCSE hoje, é bem maior do que o número de profissionais com certificações no Windows Server 2008. Como tudo na vida, existem pontos positivos e negativos de cada certificação, como por exemplo, será muito mais fácil você conseguir materiais de estudo para o MCSE, visto que essa certificação possui mais tempo de mercado. Cabe a cada a você, Rafael, colocar na balança os prós e contras de cada exame. Não esqueça também que você poderá muito bem se tornar MCSA, e logo após realizar o upgrade da sua credencial para o Windows Server 2008, realizando somente 2 exames, o 70-648 e o 70-646.

    Como falei no início, acredito que no final, isto se torna uma decisão que somente você poderá tomar e responder, visto que você é a melhor pessoa para saber qual é o caminho correto que irá lhe levar ao sucesso profissional.

    Bom Rafael... Qualquer dúvida adicional é só entrar em contato, ok?

    Abraços!


    Átilla Arruda - Microsoft Corporation
    Blog: http://www.atillaarruda.com.br/
    • Marcado como Resposta Sandro Caiado segunda-feira, 11 de outubro de 2010 14:31
    segunda-feira, 11 de outubro de 2010 14:16
    Moderador

Todas as Respostas

  • Rafael,

    Tudo é questão de visão. E isto irá depender de cada um... Não existe uma regra geral..

    É interessante notar que o mercado de trabalho para as certificações relacionadas com o Windows Server 2008 está se expandindo bastante nos últimos meses. Eu acredito que no início do ano passado, por exemplo, existia uma média de que para 10 oportunidades de trabalho na área de tecnologia solicitando certificações de servidores da Microsoft, 9 eram para a certificação MCSE e somente 1 era para a MCITP – Enterprise Administrator on Windows Server 2008. Entretanto, este quadro está mudando de maneira rápida, e hoje eu acredito que existe um placar de 6 para MCSE e 4 para MCITP para as novas oportunidades. Aposto que ainda este ano esse número ficará 50% para cada lado.

    É fato que o market share do Windows Server 2003 é bem maior do que o Windows Server 2008. Mas pense comigo Rafael… Um dia essas pessoas terão que migrar para o Windows Server 2008, não? Agora vem a grande pergunta, compensa fazer certificações relacionadas com o Server 2008 visto que ele não é o servidor mais presente no mercado atualmente? Claro que compensa! Esta certificação é a substituta da tão conhecida MCSE, e como falei anteriormente, os clientes um dia terão que migrar a sua infraestrutura para o Windows Server 2008 e irão precisar de profissionais qualificados para administrar esse sistema. Os pontos vitais da versão de servidores ainda continuam no Windows Server 2008. Por outro lado, temos grandes novidades e inovações que irão fazer a diferença caso você possua esse conhecimento, principalmente quando pensamos em segurança.

    Como você já deve saber, uma certificação cobra todos os pontos de um produto, principalmente as suas novidades em relação a versão anterior. Será através desse seu estudo para ser aprovado na certificação, que você irá conhecer o que existe de melhor no Server 2008. Além disso, hoje existem mais cursos para os novos produtos da Microsoft do que para os antigos. Nos grandes centros de treinamentos parceiros da Microsoft, é muito mais fácil você achar um treinamento para Windows Server 2008 do que para Windows Server 2003.

    Outra pergunta bastante interessante que sempre respondo é se é mais fácil conseguir a MCITP – Enterprise Administrator do que conseguir a MCSE? Essa pergunta depende muito do conhecimento de cada pessoa. Se levarmos em consideração o número de provas, é bem mais fácil conseguir a certificação para Server 2008, pois para chegar no título de Enterprise Administrator (título máximo para este produto), você terá que realizar apenas 5 exames. Já para MCSE, esse número pode chegar a até 8 exames. Vale lembrar que as novas provas de MCITP e MCTS estão bem melhores elaboradas do que as certificações MCP. As perguntas são mais objetivas e possuem uma melhor relação com o dia a dia de um profissional da área de TI. Outro ponto super importante é para os profissionais que não possuem o conhecimento do idioma inglês. Os exames para a certificação MCITP Enterprise poderão ser feitos todos em português. Por outro lado, para a certificação de MCSE, você encontrará exames que somente estarão disponíveis no idioma inglês, como é o caso da 70-293 e 70-294, por exemplo.

    A dica que eu sempre dou para é a seguinte, caso você queira um emprego para ontem, corra atrás da certificação MCSE/MCSA. Porém, caso você queira partir na frente e ser um dos primeiros profissionais capacitados para trabalhar no Windows Server 2008, vá em frente e faça o MCITP Enterprise Administrator. Além disso, o número de profissionais certificados em MCSE hoje, é bem maior do que o número de profissionais com certificações no Windows Server 2008. Como tudo na vida, existem pontos positivos e negativos de cada certificação, como por exemplo, será muito mais fácil você conseguir materiais de estudo para o MCSE, visto que essa certificação possui mais tempo de mercado. Cabe a cada a você, Rafael, colocar na balança os prós e contras de cada exame. Não esqueça também que você poderá muito bem se tornar MCSA, e logo após realizar o upgrade da sua credencial para o Windows Server 2008, realizando somente 2 exames, o 70-648 e o 70-646.

    Como falei no início, acredito que no final, isto se torna uma decisão que somente você poderá tomar e responder, visto que você é a melhor pessoa para saber qual é o caminho correto que irá lhe levar ao sucesso profissional.

    Bom Rafael... Qualquer dúvida adicional é só entrar em contato, ok?

    Abraços!


    Átilla Arruda - Microsoft Corporation
    Blog: http://www.atillaarruda.com.br/
    • Marcado como Resposta Sandro Caiado segunda-feira, 11 de outubro de 2010 14:31
    segunda-feira, 11 de outubro de 2010 14:16
    Moderador
  • Eu também sempre respondo que é uma questão muito pessoal essa sua dúvida, e depende do foco que você planeja.
    Se você pretende começar do zero para tirar a MCSA, acredito que seja melhor você partir pras novas conforme Atilla pontuou pra você.
    Se você já tem certificações nas quais são eletivas/obrigatórias para a carreira MCSA aí sim vale a pena fechar logo, e essa certificação mesmo que entre em fim de vida, você sempre a terá com você e te mostra que você tem determinado conhecimento no produto em questão.

    Avalie os pontos e trace o objetivo.

    Boa sorte.

     

    []s


    http://twitter.com/caiado
    segunda-feira, 11 de outubro de 2010 14:31
  • Átilla,

    Agradeço muito pela resposta. Traçando um outro objetivo para fevereiro de 2011 seria interessante tirar o MCITP 2008, mesmo trabalhando com o 2003. Você abordou uma questão que não tinha pensado e que está sendo abordado na nossa empresa: "uma hora a migração de sistema irá acontecer".

    Muito Obrigado...

    segunda-feira, 18 de outubro de 2010 13:15
  • Obrigado, Atila pela resposta, daqui a 2 dias estarei prestes  a completar o exame 291 e tirar o MCSA, no meu caso compensa porso faltar este exame, ja nem estou pensando mais ir para o mcse, e pesquisando, ja encontrei ate exames de atualização para o mcitp server ,que no caso são 2, o 648 e 646, bem mnos do ue ir do mcsa para o mcse, mas  e me tiou uma duvida sobeo peso do mcsa hoje no mercado.

    Gostaria de tirar tambem a credencial de mct, mas pelo que me falaram vc so consegue esta com o mcitp.

    ABS 


    IT-Pro em infra-estrutura de redes | MCDST/MCP | Blog: http://it-elieser.spaces.live.com/
    terça-feira, 2 de novembro de 2010 15:04
  • Olá Elieser

    Penso a mesma coisa que você, vale a pena tirar a credencial MCSA e depois já fazer o upgrade para o MCITP.

    Já para tirar a credencial MCT vc deverá ser MCSA, MCSE, veja o link do post do Atilla.

    http://www.atillaarruda.com.br/2010/04/02/como-se-tornar-um-mct/

     

    Abraços


    Flavio Honda
    quarta-feira, 3 de novembro de 2010 11:14
    Moderador
  • Só uma correção Flavio.

    Não precisa ser MCSA ou MCSE exatamente. Até um MCDST pode ser.
    Lembrando que você somente poderá lecionar nas certificações que você tenha concluído.

    []s


    http://twitter.com/caiado
    quarta-feira, 3 de novembro de 2010 12:37
  • Ok, Sandro, me desculpe por não ter mencionado o MCDST, eu tinha dado só o exemplo de MCSA e MCSE mais sei que tem mais credenciais. Da proxima vez especifico melhor.

     

    Abraços,


    Flavio Honda
    quarta-feira, 3 de novembro de 2010 12:43
    Moderador
  • Olá, Flávio, obrigado pela resposta, demorei responder por estar emplacado com o exame 70-291 no qual eu realizei no dia 05/11, foi tenso, mas consegui aprovação, a respeito da certificação mct, vou investir nela agora, seguindo as orientações no blog do Átila, mas quero exerce-la somente quando tiver o MCITP.

    desde já, agradeço.


    MCSA-MCDST-MCP | Blog: http://itelieser.wordpress.com/
    domingo, 7 de novembro de 2010 03:55
  • Um simples MCDST não pode se tornar um MCT, pois existe uma certificação mais avançada o MCSA.

    Agora um MCTS pode sim virar MCT pois existem tecnologias que não tem a prova para MCITP.

    sexta-feira, 12 de novembro de 2010 20:02
  • Robson,

    Só corrigindo.. Um MCDST pode sim virar um MCT. :) Apenas com o MCDST você já pode se tornar MCT, entretanto, a regra geral é que você só poderá ministrar treinamentos para as certificações que você possui. Por exemplo, caso você seja somente MCDST, você não poderá ministrar o treinamento 2277, que é um dos treinamentos indicados para quem vai realizar a certificação 70-291, prova requerida para completar o MCSA.

    Abraços!


    Átilla Arruda - Microsoft Corporation
    Blog: http://www.atillaarruda.com.br/
    terça-feira, 16 de novembro de 2010 11:50
    Moderador