none
Dúvidas sobre licenciamento do Windows Server 2016 Standard para adicioná-lo a um domínio já existente. RRS feed

  • Pergunta

  • Prezados, boa noite. 

    Não estou conseguindo idealizar o cenário de licenciamento necessário para atender a uma solicitação de um cliente. 
    Atualmente o mesmo possui um parque com dois servidores rodando Windows Server 2012 R2, com licenciamento de CAL por device. 
    A idéia consiste em introduzir um servidor com Windows Server 2016 para diminuir a carga de trabalho que hoje reside sobre os demais e aproveitar novas ferramentas do sistema. Esse servidor com 2016 seria um segundo DC além de file server.

    E, tendo em vista que estou inserindo um novo servidor e os demais já tem o licenciamento para todos os devices, entendo que bastaria adquirir uma licença de Windows Server 2016 Standard. 

    Por gentileza, poderiam validar a análise acima?
    terça-feira, 16 de julho de 2019 23:47

Todas as Respostas

  • Boa tarde caro amigo!

    Para  realizar um cenário de licenciamento , sugiro realizar alguns levantamentos  do seu cliente 

    Apenas um exemplo para ter uma ideia.

    Classe de Produtos Família de Produtos da Licença Versão da Licença Quantidade Efetiva Quantidade Não Resolvida Quantidade de SA Ativo
    Servers SQL - User CAL 2016 200 0 0
    Servers SQL Server - Standard 2016 0 0 0
    Servers Windows Remote Desktop Services - Device CAL 2016 20 0 0
    Servers Windows Remote Desktop Services - User CAL 2016 200 0 0
    Servers Windows Server - Device CAL 2016 200 0 0
    Servers Windows Server - Standard 2016 1 0 0
    Servers Windows Server - Standard

    2016

    Release 2

    1 0 0
    Servers Windows Server - User CAL 2008 50 0 0

    Quando a CAL é necessária?

    Se no servidor com Windows Server há qualquer sistema que seja acessado por equipamentos clientes, e ainda a versão é a Standard ou Enterprise (para 2008, 2012 e 2016) é obrigatória a aquisição das CALs, é importante apenas verificar com o fornecedor de TI qual o tipo e categoria de CAL mais adequados.

    Há alguns sistemas para servidores da Microsoft que isentam a necessidade de aquisição de CALs de acesso até uma quantidade específica de usuários, são eles Windows Server 2016 Essentials, Windows Server 2012 Essentials, Windows Server 2012 Foundation e Windows Server 2008 Foundation, o mesmo se aplica para as versões R2 desses sistemas.

    Sistemas na verão 2003 ou anterior já foram descontinuados por isso não mencionamos, as versões Web, Datacenter ou Itanium são destinadas a grandes servidores, datacenters ou clusters, o que não é o uso dos nossos clientes por isso também não mencionamos.

    Tipos de CAL

    Primeiramente é importante compreender o que é uma CAL. Este tipo de licença fornece o direito de acessar, a partir de equipamentos clientes (computadores, notebooks, smartphones e thin clients), produtos, serviços e tecnologias presentes em sistemas operacionais e aplicações instaladas nos servidores (com sistema operacional Windows Server) da rede. Em termos práticos, se na empresa há um servidor com o sistema ERP da empresa onde 08 desktops e 02 notebooks acessam o mesmo sistema compartilhado, já existe a necessidade de 10 CALs de acesso.

    Inicialmente, dividimos as CALs em dois categorias de licenciamento:

    • Por usuário: a licença fica associada a um usuário, licenciando aquela conta de usuário independente do equipamento cliente em que a mesma esteja configurada.
    • Por dispositivo: a licença fica associada a um equipamento, licenciando aquele equipamento independente de qual usuário esteja utilizando.

    Exemplo: Se 30 estações de trabalho acessam um servidor com Windows Server 2016 Standard com 40 usuários trabalhando nesses equipamentos (alguns usuários trabalham meio período revesando o mesmo equipamento), a melhor solução de licenciamento de CALs é a empresa adquirir 30 CALs de dispositivos para o Windows Server 2016.

    O nosso foco nesse post são apenas as CALs destinadas a sistemas Windows Server, Exchange Server e Sharepoint Server também utilizam CALs de acesso, mas seguem uma linha diferente. Observando apenas o Windows Server temos dois tipos de CALs:

    • CAL de acesso: Uma CAL (Client Access License) de acesso dá ao usuário ou equipamento o direito de acessar recursos do servidor, sejam sistemas compartilhados, arquivos/pastas ou impressoras.
    • RDS CAL: Licenças de acesso para cliente dos Serviços de Área de Trabalho Remota (RDS CALs) são necessárias para que cada dispositivo ou usuário se conecte a um servidor Host da Sessão da Área de Trabalho Remota (Host de Sessão de ATR), essas licenças são geridas pelo servidor de licenciamento de área de trabalho remota (Licenciamento RD), antigamente chamado de licenciamento de serviços de terminal (Licenciamento de TS). Um ambiente comum em que se aplica esse tipo de licença é uma rede com thin clients ou conexões remotas diretamente no servidor.

    Espero ter ajudado 

    Cordialmente 



    quinta-feira, 15 de agosto de 2019 18:53
  • Bom dia.

    Essa informação você deve pegar com o seu parceiro de licenciamento Microsoft autorizado.

    Só eles pode lhe dá uma resposta exata.

    Se não tive uma parceiro de revenda Microsoft, recomendo este https://infob.com.br/


    Att. Gabriel Luiz - Conhecimento só é valido quando compartilhado! - www.gabrielluiz.com

    sexta-feira, 23 de agosto de 2019 14:38