none
Replicação - Criação de tabela temporária no Assinante RRS feed

  • Pergunta

  • Senhores(as),

    Estamos pensando em utilizar a replicação de transação para criar um servidor apenas para consultas e relatórios, no entanto surgiram algumas questões:

    1º) Como funciona sendo o servidor Assinante read only e o relatório precisar de uma tabela temporária para ser executado?

    2º) No caso de criação de tabelas temporárias no Publicador, estas também serão repassadas para o Assinante e posteriormente dropadas?

    No momento seria isto, agradeço a todos.

    • Movido Gustavo Maia Aguiar segunda-feira, 2 de abril de 2012 16:57 (De:Gerenciamento, Configuração, Instalação, e Segurança)
    sexta-feira, 30 de março de 2012 20:20

Respostas

  • Bom dia Luciano;

    Se você precisa apenas para fins de relatório, pense em usar Logshipping (ou mirror + snapshot se estiver com uma versão enterprise do SQL)

    Considere que:

    1-Replicação Transacional/Merge requer um campo Unique, se não tiver isto requer possíveis alterações na aplicação e inclusão de um campo para esta finalidade.

    2-Replicação Transacional/Merge não dropa nenhum tipo de objeto no banco.

    3-Replicações (qualquer tipo) mantém o banco/objetos replicados online e disponíveis para gravação.

    4-A administração (eu particularmente) não gosto, gera uma demanda considerável para monitoração e resolução de problemas (sobretudo chaves duplicadas são os mais comuns).

    O Logshipping:

    1-Facil adminsitração (tome cuidado com operações de nível de banco de dados, backup, etc)

    2-O banco fica Read-Only.

    3-Conheça bem o que significa cada opção de operações de backup.


    View Ricardo Muramatsu's profile on LinkedIn

    segunda-feira, 2 de abril de 2012 14:51
  • Luciano,

    Vou tentar responder:

    1º) Como funciona sendo o servidor Assinante read only e o relatório precisar de uma tabela temporária para ser executado?

    Se o seu Assinante for read only, não vai rolar nada, não tem como escrever dados ou muito menos criar objetos neste tipo de estrutura. Você teria que pensar em outra solução, como o Fabrízzio Caputto destacou, uma base Read-Write é algo mais lógico.

    2º) No caso de criação de tabelas temporárias no Publicador, estas também serão repassadas para o Assinante e posteriormente dropadas?

    Cara, sinceramente trabalhar com tabelas temporárias em replicação, eu particularmente nunca utilizei, alias isso, existe alguma muito importante o ambiente de replicação envolve bases de dados de usuário e uma tabela temporária é criada fisicamente no banco TempDB e fisicamente no banco envolvido na replicação.

    Ao invês de utilizar tabelas temporárias, o que você poderia fazer é utilizar tabelas auxiliares em seu banco e estas tables seriam somente repositórios de dados, no processo de replicação vão receber os dados e também fazer as exclusões.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    terça-feira, 3 de abril de 2012 13:06
    Moderador

Todas as Respostas

  • Bom dia!

    1) Voce deve criar uma nova base, read-write, e as tabelas temporarias devem ser escritas na mesma.

    2) Não entendi aqui....sua duvida é se as tabelas serão dropadas e recriadas?


    Fabrizzio A. Caputo
    MCT
    Certificações:
    Oracle OCA 11g
    MCITP SQL Server 2008 Implementation and Maintenance
    MCITP SQL Server 2008 Developer
    Blog Pessoal: www.fabrizziocaputo.wordpress.com
    Blog Empresa: www.tripletech.com.br/blog
    Twitter: @FabrizzioCaputo
    Email: fabrizzio.antoniaci@gmail.com

    segunda-feira, 2 de abril de 2012 12:44
    Moderador
  • Bom dia Luciano;

    Se você precisa apenas para fins de relatório, pense em usar Logshipping (ou mirror + snapshot se estiver com uma versão enterprise do SQL)

    Considere que:

    1-Replicação Transacional/Merge requer um campo Unique, se não tiver isto requer possíveis alterações na aplicação e inclusão de um campo para esta finalidade.

    2-Replicação Transacional/Merge não dropa nenhum tipo de objeto no banco.

    3-Replicações (qualquer tipo) mantém o banco/objetos replicados online e disponíveis para gravação.

    4-A administração (eu particularmente) não gosto, gera uma demanda considerável para monitoração e resolução de problemas (sobretudo chaves duplicadas são os mais comuns).

    O Logshipping:

    1-Facil adminsitração (tome cuidado com operações de nível de banco de dados, backup, etc)

    2-O banco fica Read-Only.

    3-Conheça bem o que significa cada opção de operações de backup.


    View Ricardo Muramatsu's profile on LinkedIn

    segunda-feira, 2 de abril de 2012 14:51
  • Luciano,

    Vou tentar responder:

    1º) Como funciona sendo o servidor Assinante read only e o relatório precisar de uma tabela temporária para ser executado?

    Se o seu Assinante for read only, não vai rolar nada, não tem como escrever dados ou muito menos criar objetos neste tipo de estrutura. Você teria que pensar em outra solução, como o Fabrízzio Caputto destacou, uma base Read-Write é algo mais lógico.

    2º) No caso de criação de tabelas temporárias no Publicador, estas também serão repassadas para o Assinante e posteriormente dropadas?

    Cara, sinceramente trabalhar com tabelas temporárias em replicação, eu particularmente nunca utilizei, alias isso, existe alguma muito importante o ambiente de replicação envolve bases de dados de usuário e uma tabela temporária é criada fisicamente no banco TempDB e fisicamente no banco envolvido na replicação.

    Ao invês de utilizar tabelas temporárias, o que você poderia fazer é utilizar tabelas auxiliares em seu banco e estas tables seriam somente repositórios de dados, no processo de replicação vão receber os dados e também fazer as exclusões.


    Pedro Antonio Galvão Junior [MVP | Microsoft Evangelist | Microsoft Partner | Engenheiro de Softwares | Especialista em Banco de Dados | SorBR.Net | Professor Universitário | MSIT.com]

    terça-feira, 3 de abril de 2012 13:06
    Moderador