none
[Dúvida] Licenciamento para Office em ambientes virtualizados RRS feed

  • Pergunta

  • Olá senhores, tudo bem?

    Essa semana aqui na empresa foi levantado uma dúvida sobre licenciamento dos produtos Office dentro de um ambiente de virtualização, aqui trabalhamos com produtos da Citrix onde entregamos para nossos clientes ambientes virtuais via portal ou desktop, e dentro desses caras muitas vezes vão o pacote Office. A nossa dúvida esta no processo de licenciamento, porque para ambiente Citrix usamos a seguinte conta: Para cada 100 licenças de RDS é necessário ter 100 licenças de Citrix, e quanto ao pacote Office, eu deveria ter as mesmas 100 licenças?

    Vamos pensar no seguinte cenário: Eu tenho um ambiente com 10 servidores onde dentre ele eu tenho dividido da seguinte forma, 3 servidores de aplicação (ERP, Acesso Bancário, E-mail), esses servidores não possuem o pacote Office instalado ok, e 7 servidores com as demais aplicações como o Office, no ambiente eu possuo 50 usuários que usam o ambiente, mas desses 50 apenas 20 tem acesso ao pacote Office como o Outllok para o uso do e-mail.

    A dúvida esta em quantas licenças do pacote eu preciso ter no ambiente para estar dentro da legalidade, sendo que possuo 50 usuários ativos que acessam todo o ambiente, mas apenas 20 usam o Office. Como controlar isso do lado da Microsoft, porque do lado do Citrix eu posso controlar isso por grupo de aplicação limitando quem pode usar as aplicações.

    sexta-feira, 9 de dezembro de 2016 13:48

Respostas

  • O licenciamento é para quem tem acesso ao Office e não quem realmente o utiliza.

    Se você consegue criar políticas de acesso e restringir o acesso ao office apenas para os 20 usuários, os 20 precisarão de licenças.

    Por exemplo, só quem tem acesso ao office publicado no rds é o grupo "user_office". Todos os usuários desse grupo, utilizando ou não o office, precisariam ser licenciados.

    Observação: se algum usuário desse grupo já possuir o office em seu dispositivo, e esse office do dispositivo "cobrir" o office instalado no rds, ele não precisaria ser licenciado novamente.
    • Editado malis22 segunda-feira, 12 de dezembro de 2016 13:34
    • Marcado como Resposta Guilherme Macedo S quarta-feira, 14 de dezembro de 2016 15:21
    segunda-feira, 12 de dezembro de 2016 13:33

Todas as Respostas

    • Editado J. Maurício sábado, 10 de dezembro de 2016 12:38
    sábado, 10 de dezembro de 2016 12:38
  • Então pelo que entendi, se eu posso limitar o acesso eu não terei problemas quanto a quantidade licenças exigidas no ambiente? Pelo que entendi nos links e em alguns docs que achei é que mesmo não tendo a quantidade X de usuários usando a aplicação eu deveria ter as X licenças compradas que seria o máximo de usuários, levando a conta que usamos para compras de licenças com ambientes Citrix?

    E se eu comprar 10 licenças do Office e usasse em um ambiente de 100 conexões limitando o uso pelo Citrix, eu estaria burlando as regras de licenciamento da Microsoft?

    Existe alguma forma de saber quantas licenças eu tenho instalado nos servidores sem ser pelo contrato de compra, algum programa que eu pudesse rodar dentro dos servidores para ter essa informação.

    segunda-feira, 12 de dezembro de 2016 11:39
  • Bom, agora fiquei em dúvida também. O melhor a se fazer é entrar em contato com o suporte de venda.
    segunda-feira, 12 de dezembro de 2016 12:28
  • Uma vez precisei ligar no suporte pra tirar uma dúvida sobre o licenciamento do Exchange e tentaram me vender o suporte, porque segundo o atendente a minha dúvida precisa ser sanada por um engenheiro e por isso eu teria que pagar ou tentar ajuda aqui pelo fórum, estou sem a resposta até hoje rsrs.

    Mas vou ligar lá, vamos ver.

    segunda-feira, 12 de dezembro de 2016 13:24
  • O licenciamento é para quem tem acesso ao Office e não quem realmente o utiliza.

    Se você consegue criar políticas de acesso e restringir o acesso ao office apenas para os 20 usuários, os 20 precisarão de licenças.

    Por exemplo, só quem tem acesso ao office publicado no rds é o grupo "user_office". Todos os usuários desse grupo, utilizando ou não o office, precisariam ser licenciados.

    Observação: se algum usuário desse grupo já possuir o office em seu dispositivo, e esse office do dispositivo "cobrir" o office instalado no rds, ele não precisaria ser licenciado novamente.
    • Editado malis22 segunda-feira, 12 de dezembro de 2016 13:34
    • Marcado como Resposta Guilherme Macedo S quarta-feira, 14 de dezembro de 2016 15:21
    segunda-feira, 12 de dezembro de 2016 13:33
  • Entrei em contato com a Microsoft e eles me passaram para uma revenda para tirar mais dúvidas. Nas duas ocasiões eles disseram que eu preciso ter a quantidade de licenças iguais em cada servidor mesmo que não tivesse a quantidade de usuários conectados nele, por exemplo.

    Se eu tenho um ambiente com 50 servidores e apenas 10 com o pacote Office, e 100 usuários onde apenas 20 usam o Outlook por exemplo, eu teria que licenciar os 10 servidores cada um com 20 licenças, porque os usuários iriam se conectar aleatoriamente neles, e para não ter problemas eu deveria licenciar os 10 servidores com a mesma quantidade de usuários que vão usar, nesse exemplo, 20 usuários onde eu teria que adquirir um total de 200 licenças do Office. Mesmo que eu limite o uso pelo Citrix isso não ajudaria muito devido a quantidade de servidores, até daria pra fazer limitando o uso do aplicativo pela console do Citrix, mas pode ter erros durante o processo uma vez que esse usuário precise abrir mais de um documento de Word por exemplo, ele teria problemas devido a limitação.

    Uma solução mais viável seria ter apenas um servidor com o pacote Office instalado, assim teria mais economia na compra das licenças comprando apenas as 20 necessárias e não duzentas. Centralizaria também os acessos a uma única máquina, mas pensando em alta disponibilidade eu não teria nada, se essa máquina vir a falhar eu perderia todos os acessos do pacote Office, o que nos leva a gastar um pouco mais em licenças para termos esse cenário.

    quarta-feira, 28 de dezembro de 2016 13:54