Muitas vezes me deparei de dar permissões administrativas para usuário comum em determinado software. Não é necessário dar as permissões a nível local e sim somente em determinada aplicação utilizando o comando Runas / Savecred (Salvar as credênciais do Usuário)

Você consegue executar aplicações como administrador executando o runas (Executar como) em dois modos, linha de comando e através da interface gráfica:


Modo Gráfico: Clique com o botão direito do mouse em cima do arquivo executável,  e utilize a opção Run As ou em portugês Executar Como, abrirá uma Janela pedindo usuário e a senha de Administrador.

Linha de Comando: abra o prompt do DOS (Iniciar >> Executar >>Digite: cmd), digite no prompt: runas /user: “caminho completo do executavél”


Utilizando o Run As com atributo /Savecred (Salvar as credênciais do Usuário):


Na sua empresa ou na sua residência você podera se deparar com a seguinte situação. Você necessita executar uma aplicação no seu computador pessoal ou em uma estação de trabalho na empresa, que necessite de um usuário com perfil administrativo.


Para este cenário o melhor é criar um atalho da aplicação utilizando o “runas /savecred /user:” 


1) Instale o programa que o usuário irá utilizar, usando uma conta com permissão de instalação.


2) Crie um usuário com perfil de administrador no equipamento onde se deseja executar a aplicação como administrador. OBS: Como exemplo vou criar um usuário chamado “administrador” e utilizar o programa notepad.exe para executar como administrador.


2.1) Crie um Atalho no Desktop desta forma :


2.2) Botão direito na área de trabalho >>Novo >> Atalho, na janela que se abrirá digite o seguinte comando:


runas /savecred /user:adriano “C:\Windows\notepad.exe” 

ou

runas /savecred /user:domínio\usuário “C:\Windows\notepad.exe”  


(onde o domínio pode ser também o nome da máquina, caso a conta administrativa seja local).





depois clique em Avançar, Digite um nome para seu atalho e clique em concluir.


3) Execute uma vez o atalho, uma janela do prompt de comando aparecerá solicitando a senha do usuário com o qual executamos o programa, no nosso exemplo a senha do administrador.


 

Pronto, nas próximas vezes que você ou um usuário da sua empresa executar a aplicação pelo atalho criado, o software ira utilizar automáticamente o usuário com perfil de administrador e não solicitará mais a senha.

Não há risco do usuário de saber a senha digitada ou tentar "editar" o arquivo e ver o comando.