Uma das novidades do Windows Server 2016 é o novo modo Nano Server que permitirá a execução do sistema operacional com o mínimo de recursos (menos que o Server Core).

 

Solução


O Nano Server é bem menor que um Server Core (não é  o Windows Server Core) e precisa de pouco espaço em disco, menos atualizações, menos reboots e maior segurança (menos vulnerabilidades e uma redução na superfície de ataque), este sistema já nasceu pronto para a nuvem. Suporta recursos como a tecnologia Hyper-V Containers.

 

Os benefícios são: VHD 93% menor – 92% menos atualizações críticas  – 80% menos reboots;

O Nano Server não terá:

• Suporte a aplicações 32 bits
• Suporte a MSI
• Logon via RDS ( Remote Desktop)
• Logon Local

Não terá nenhuma interface de linha de comando e não terá nenhum console de PoweShell; Funções e recursos serão adicionados via  Features on Demand e DISM.

O Nano Server pode ser gerenciado das seguintes formas:

  • MMC (Microsoft Management Console)
  • Hyper-V Manager
  • WMI
  • EMS
  • Windows PowerShell  e Desired State Configuration (DSC)
  • Server Manager
  • Microsoft System Center
  • Puppet and Chef será suportado

Cenários que podem ser utilizados (até o momento):

  1. Hyper-V
  2. Cluster de Hyper-V
  3. IIS
  4. DNS
  5. Containers
  6. Storage host (Scale-Out File Server )

Procedimento para criar o VHD

No DVD do Windows Server 2016 existe uma pasta chamada NanoServer
Executaremos o PowerShell como administrador e o processo irá demorar alguns minutos para criar o VHD do Nano Server que iremos utilizar em nosso servidor do Hyper-V.

Para criar a VM do Nano Server iremos executar diretamente do DVD os dois arquivos:NanoServerImageGenerator.psm1 e o Convert-WindowsImage.ps1 para a pasta D:\VHD

Executamos o comando abaixo para criar o vhd

New-NanoServerImage –MediaPath I:\ -BasePath D:\VM -TargetPath D:\VHD\NanoServer.VHDX -Compute –ComputerName “NANO” -AdministratorPassword (ConvertTo-SecureString -String ‘Passw0rd’ -AsPlainText -Force) -Language en-us

NanoServer.png

Após o script ter sido executado, foi criado na pasta D:\Vhd o arquivo nanoserver.vhdx.

Para finalizarmos basta criar no Hyper-V uma máquina virtual e usar o disco NanoServer.VHDX.

O VHD ficou com 708 MB

Capturar

NOTA: Se você definiu a linguagem e o teclado português – brasil irá receber um erro indicando que não é possível encontrar a pasta pt-br.

 

Conclusão


Apresentamos os diversos recursos que o Nano Server possui, possíveis cenários para utilizá-lo e mostramos como criar um vhd.