Este artigo foi originalmente escrito por Michael Wharton na língua inglesa com o título Deep Dive into Resource Plans for Project Server 2013.


O plano de previsão dos recursos é uma ferramenta muito importante no sentido de estimar a quantidade de recursos de um projeto nas fases concepção ou iniciação do projeto. De fato, durante a fase inicial da proposta, o plano de recursos é usado para disposição de quaisquer recursos possíveis e que possam ser requeridos. A estimativa é muito difícil. Por exemplo, a sua estimativa precoce pode dizer algo assim, vamos precisar de alguns meses de tempo do analista de negócios, de seis meses de um gerente de projeto, três meses de um desenvolvedor de software, um mês do administrador de banco de dados e dois meses de um testador.
 
O primeiro passo para se usar um plano de recursos é criar um projeto no PWA. O projeto (na verdade, uma proposta neste momento do tempo), precisa de um nome para o projeto e a estimativa de data de início. A data provavelmente será estimativa mesmo e, ela precisará estar fora dos 6 meses ou um ano, porque nada acontece de forma imediata. Uma vez que essa ação for concluído, você terá algo como a figura abaixo. A guia Projeto mostra o "Plano de Recursos".

Exemplo:




Clique no botão plano de recursos presente na tela a seguir:





Salvar: Obviamente este botão é utilizado para salvar o seu plano de recursos.
 
Publicar: Este botão pode não ser tão óbvio, mas o plano de recursos não pode ser exibido por outros ou mesmo pela a análise de portfólio até que ele seja devidamente publicado. Uma vez que seu plano de recursos estiver concluída, certifique-se que ele foi publicado e que ele tenha a opção "Calcular a partir de: Plano de Recursos" selecionado.
  
Fechar: Encerra o plano de recursos e verifica o seu trabalho. 
 
Criar Equipe: Utilize este botão para adicionar os recursos genéricos ou real no plano de recursos. A melhor forma de começar é com recursos genéricos, mas algumas organizações realmente trabalham ou querem o nome real das pessoas. Realmente não é uma boa idéia quando a proposta ainda está em um estado inicial.
  
Editar Detalhes: Permite que o analista de portfolio selecione o recurso e edite os seus detalhes. Acho que é muito útil ver detalhes sobre o recurso. Por exemplo, você pode estar interessado em ver o Código de Custo do recurso ou gerente do quadro de horários.
 
Calcular a partir de: Isto quer dizer que a análise do portfólio usa a estimativa de recursos a partir de qualquer "plano de recursos", "plano de projeto" ou "plano de projeto até que". A definição dessa propriedade não é óbvia. Basicamente, durante o processo de análise de portfólio, ele precisa determinar se a carga de recursos deve usar o "plano de recursos" ou "projeto de agenda". Na fase inicial de avaliação, o plano de recursos tem a estimativa grosseira, porém, como o escopo do projeto ainda será definido, a estimativa de recursos é mais importante no cronograma do projeto. É neste ponto, que a configuração precisa ser alterada para usar o "plano de projeto".
  
Para estimativas ainda não definidas, você pode ter partes do projeto em execução e plano de recursos para outras fases. Neste cenário, o "plano de projeto até que" é uma opção que permite ao portfólio dividir a estimativa de recursos entre o plano do projeto e o plano de recursos.
  
Período: Define o tamanho do período estimado para o plano de recursos. Seis meses é sempre, um bom ponto de partida para construir a maioria dos projetos. No entanto, isso realmente depende do ciclo de vida e do escopo do projeto.
  
Visões: Planos de Recursos são os únicos definidos fora da caixa. Visões adicionais podem ser criadas a fim de "Gerenciar Exibições" nas "Configurações do Servidor".
  
Unidades de Trabalho: As unidades de trabalho permitem escolher "Dias", "horas" ou "equivalente as unidades de tempo". Isto é um recurso que o PMO ou o analista da carteira tem preferência ou gosta de usar. Eu gosto de usar "Horas", porque eu acho que ele fornece uma estimativa mais próxima.
  
Escala de tempo: As opções disponíveis são "Dias", "semanas", "meses", "quartos" ou "anos". Este último é novo, por ser uma preferência sobre a quantidade de detalhes que você deseja utilizar em seu trabalho. Eu prefiro trabalhar em meses, porém a partir de uma visão mais elevada de todas as propostas da empresa, quarto ou ano do calendário pode se trabalhar de forma melhor. A melhor decisão sobre qual a melhor maneira de usar pode ser feita depois de você ter feito algumas propostas.
  
Exportar para Excel: Depois de ter introduzido algumas estimativas no plano de recursos, você pode, em seguida, exportar para uma planilha do Excel.
  
Imprimir: Imprime o plano de recursos. O que mais posso dizer sobre isso?
 
Disponibilidade de Recursos: Permite ao analista de portfólio observar a disponibilidade de recursos desta página.
   
O próximo passo na criação de um plano de recursos é utilizar o "Criar Equipe". A opção mais indicada é usar recursos genéricos, no entanto, isto pode ser feito usando os nomes reais das pessoas. Para filtrar a visão baseada em recursos "genéricos" e visualize os resultados. Selecione os recursos, verifique o nome e clique em "Adicionar" para mover os recursos e assim construir sua equipe. Em seguida, vá até "Salvar e Fechar" para voltar ao plano de recursos.

Exemplo:





Uma vez que a equipe é construída, o analista portfólio ou revisor da proposta pode começar a prever a quantidade de esforço necessária para a proposta.  

Exemplo:




  

No exemplo acima, eu tenho carregado as horas de trabalho por mês de cada recurso genérico. Observe que a carga de recursos têm diferentes picos e variações, pois o envolvimento de recursos no projeto irá variar durante as diferentes fases.
 
Observe também, que o "Calcular de" exibe o "Plano de Recursos". O padrão é "Plano de Projeto", porém utilizando um fluxo de trabalho proposta (ou fluxo de trabalho de amostra) , o plano de recursos é desenvolvido antes de qualquer WBS ou entregas que foram definidas.
 
Finalmente, o plano de recursos deve ser publicado, porque quando ocorre esta ação o plano está pronto para os outros envolvidos e, eles podem considerá-lo a versão final.
 
Resumo:

O plano de recursos é uma exibição de recursos, como por exemplo, podem ser visualizados 1000 recursos de diferentes áreas ou departamentos da organização. Os recursos podem ser específicos para um projeto. Antes de entregas principais o plano de recursos foi definidos. É um SWAG (Scientific Guess Ass Wide) . Não é esperado resultado exato e fornece espaço suficiente para aumentar ou diminuir o esforço estimado. O objetivo ao tirar esse plano, é que ele contribua para o Portfolio quando o analista da carteira de projetos ou PMO comecem a avaliação das propostas . O plano indica a estimativa de carga que o recurso deve ter, ou ele vêm do plano de recursos ou do cronograma do projeto ou talvez ambos.
 
Mais tarde vou discutir algumas outras maneiras de criar a estimativa de recursos por meio de um cronograma do projeto.