Irei falar sobre uma nova opção de classe de máquinas virtuais disponíveis agora no Windows Server 2012 R2, é a 2 geração de VM que pode ser criada em seu Hyper-V.

A 2 geração de VM chegou com muitos recursos avançados para gerenciamento, armazenamento e também muitos benefícios de segurança.

Irei falar sobre alguns desses benefícios e também sobre o que foi alterado em relação a 1 geração e a 2 geração.

Ja começando quando iremos criar uma nova máquina virtual recebemos uma mensagem solicitando a escolha, se essa VM será com as configurações da 1 geração ou da 2 geração.

Escolhendo a 2 geração ganhamos algumas mudanças significativas, de cara vemos que para a configuração de hardware foi removido os dispositivos emulados ( antigos), como disquete, COM, IDE Controler, Bios.

A 2 geração nós ganhamos novos e melhores recursos para as VMs.

Agora essas VMs utilizam UEFI ( Unified Extensible Firmware Interface) e softwares baseados em hardware. UEFI é uma interface alternativa para o Firmware e entrou no local de BIOS, ele entrega uma melhor performace de tempo para o Boot da VM e mais flexibilidade.

O Hyper-V do Windows Server 2012 R2 roda com as 2 versões do VMs ao mesmo tempo, suporta ser criado as 2 versões no mesmo Hypervisor e executado ao mesmo tempo, e tem total suporte nas migrações de VMs de outros hosts para o host mais novo.

Novas opções de Boot

Agora temos Network Boot, Secure Boot, Boot from SCSI, CD/DVD, SCSI-Attached Virtual Hard Disk.

Falando um pouco dessas possibilidades começamos então pelo Network Boot.

A geração 2 utiliza um adaptador de rede virtual otimizado, agora nesta versão foi eliminado o adaptador de rede emulado, dessa forma o processo de boot da VM foi simplificado e os problemas associados a com configurações de VMs foram reduzidos significantemente. IPv4 e IPv6 agora são endereços suportados para Boot de rede.

Quando falei que agora utiliza UEFI Firmware no lugar de bios, com essa mudança, ganhamos suporte para Secure Boot, uma nova funcionalidade que previne que sistemas operacionais ou softwares não autorizados carreguem durante o processo de statup da VM.

Outras 2 opções novas que a 2 geração incrementou no recurso, é Boot from a SCSI CD/DVD, assim eu posso dar boot através dessas opções, inclusive imagem ISO, alem disso com o boot from a SCSI-attached Virtual hard Disk e a utilização de UEFI, agora temos suporte para boot através de um VHDX.

Recursos de gerenciamento da VM

Se tratando de recursos e opções de gerenciamento de VMs, a 2 geração de máquinas virtuais no Windows Server 2012 R2 tem suporte aos mesmos recursos da 1 geração.

Isso inclui:

  • Checkpoint(Snapshot)
  • State transitions ( Save ou Pause)
  • Import/Export
  • Backup/Restore
  • Failover Replication
  • Clustering
  • QoS – Quality of Service
  • Single-Root I/O Virtualization (SR-IOV)
  • Queuing Geração 2 não suporta RemoteFX

A 2 geração pode usar Software Baseado em Fibre Channel ou adaptadores de rede

Suporta VHDX com grande volume, 64TB, pode ser feito o resizing para expandir o volume ou shrink para diminuir o volume, mas o resizing a quente apenas esta disponível para VHDX com SCSI.

Tem suporte para as versões 64Bit do Windows 8.1, Windows Server 2012 e 2012 R2, por default, não temos mais como opção CD/DVD, mas pode ser adicionar ou removido a quente, a 2 geração pode ser gerenciadas através do PowerShell, Hyper-V manager ou WMI e o Secure Boot que já foi comentado neste artigo não está presente na 1 geração de VMs, pois utiliza BIOS e não UEFI.


Créditos

Este artigo foi criado originalmente por Thiago Guirotto de Oliveira

Senior Infrastructure Analyst

Microsoft® Certified Solutions Expert: Private Cloud

Microsoft® Certified Trainer

MTAC |Microsoft Technical Audience Contributor

MCS | MCSA | MCITP | MCTS | MCC | MCP

www.thiagoguirotto.com.br

guirotto_tgo@hotmail.com