Visão Geral


O Microsoft Azure Site Recovery é um serviço de proteção de maquinas virtuais do Hyper-V e Azure que permite sincronizar maquinas gerenciadas pelo System Center Virtual Machine. Esta feature pode ser utilizada para replicar maquinas virtuais entre dois datacenters onpremises ou entre um datacenter onpremie e a nuvem Microsoft Azure. 

A feature utiliza o componente de Clouds encontrado no VM and Services do Virtual Machine Manager 2012 para expandir o escopo da maquina virtual e permitir a replicação dos storages associados à ela para outra nuvem, que pode ser outra Cloud gerenciada por outro VMM em um datacenter redundante ou no Microsoft Azure. A replicação utiliza a funcionalidade de replicação chamada Hyper-v Replica, presente no Hyper-V do Windows Server 2012 ou superiores.


Em cada VMM é executado o Azure Site Recovery Provider, o pacote é responsável por expandir a funcionalidades do VMM e adicionar os parâmetros de configuração da replicação.
 
O Microsoft Azure Site Recovery Manager é responsável por orquestrar a replicação e failover das maquinas virtuais entre as nuvens o serviço. Este componente é executado na Microsoft Azure, e os planos de failover podem ser configurados diretamente no portal garantindo a disponibilidade das maquinas.

Como uma camada a mais de proteção os dados podem ser criptografados no armazenamento, a autenticação e autorização para a replicação utiliza certificado digital. 

Em cada host Hyper-V é executado o Azure Recovery Services Agent, este serviço é responsável por inscrever o host no ambiente Azure.


Planejamento


Existe uma série de pré-requisitos de sistema e infraestrutura que devem ser implementados antes de replicar o ambiente virtual.

Gerenciamento


Duas versão do Virtual Machine Manager são suportadas, mas existe diferenças de topologias de replicação suportadas entre as versões.  

Um VMM Server, físico ou virtual, pode ser pode ser configurado para replicar as maquinas virtuais entre on-premise para on-premise entre duas nuvens de serviços diferentes no mesmo site de gerenciamento do VMM. 

Um VMM Server cluster, somente virtual, pode ser configurado para replicar as maquinas virtuais entre on-premise para on-premise em outro cluster VMM no mesmo site de gerenciamento

A replicação das maquinas virtuais pode ser configurada tanto com o VMM Server em um único servidor ou em cluster VMM replicando as informações para o Microsoft Azure. 

System Center 2012 SP1 

Topologia de replicação suportada:
  • Replicação de On-premises para on-premises
Tanto o Hyper-V Host de origem e destino devem estar executando o Windows Server 2012 com as últimas atualizações aplicadas.


System Center 2012 R2

Topologia de replicação suportada:
  • Replicação de On-premises para on-premises
  • Replicação de On-premise para Azure
O servidor Hyper-V Host de origem devem estar instalados com Windows Server 2012 R2 ou Windows Server 2012 com as últimas atualizações aplicadas. 

Suporte Replicação On-premise para Azure


Para que uma maquina virtual ser elegível à replicação é necessário que algumas condições.

Sistemas Operacionais


Somente Guest OS com sistema 64-bits são suportadas para replicação.
A maquina virtual deve ser criada como generation 1 no VMM.

Os seguintes sistemas são suportados:
  • Windows Server 2008 ou superior
  • Centos
  • OpenSUSE
  • SUSE
  • Ubuntu

Discos


Os discos do sistema operacionais  devem ter tamanho entre 20 MB e 127 GB, não é suportado replicar discos espelhados dos sistemas.  Essa é o limite disponível para as maquinas Extra Large que suportam até 8 processadores e 14 Gb de memória

As maquinas virtuais podem conter até 16 discos com tamanho de até 1023 GB.

Os seguintes discos não são suportados para replicação:
  • iSCSI
  • VHD compartilhado
  • FC
É necessária criar na nuvem uma Storage Account para armazenamento das maquinas replicadas. A conta deve ter a feature geo-replication habilitada e deve ser localizada na mesma região Azure Site Recovery service.

Rede

As maquinas virtuais devem possuir somente um adaptador de rede, configurado com endereçamento IP dinâmico.

Configurar IP estaticamente nas maquinas virtuais não é suportado. 

As redes do Azure devem ser configuradas antes de iniciar a replicação das maquinas virtuais, cada maquina virtual replicada deve ser conectada a uma VM Network no VMM Server e a VM Network deve ser associada a uma rede logica criada na nuvem. 

Certificado Digital


A autenticação e autorização do servidor Virtual Machine Manager no Azure é feita utilizando um certificado digital. O certificado é importado no portal do Azure e deve conter as seguintes característica.
  • Validade de até três anos
  • Chave de pelo menos 2048 bits
  • Uso da chave deve ser Autenticação do Cliente
  • Deve estar instalado no container Pessoal do computador local
No portal do Tehnet http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc730826(v=ws.10).aspx possui uma lista dos templates e quais possuem o valor de utilização da chave necessária.

Site Recovery Vault 


O Site Recovery Vault é o contêiner onde são configurados a proteção das maquinas virtuais do ambiente on-premise e onde é configurada as propriedades de replicação e segurança. 

Durante a criação é possível configurar a região onde as maquinas serão armazenadas. 


Protected Items 


Na guia de configuração do vault Protected Items é exibida as nuvens privadas criadas no Virtual Machine Manager e todas as maquinas virtuais que fazem parte da nuvem no ambiente on-premise. 

As maquinas que fazem parte da nuvem no ambiente on-premise podem ser replicadas para a nuvem Microsoft Azure.





Recovery Plans


Os Recovery Plans é responsável por orquestrar as falhas das maquinas virtuais do ambiente on-premise para a nuvem Azure. 

Cada Recovery Plan pode conter várias maquinas virtuais e é possível configurar vários planos, o que garante um alto nível de personalização das ativação e continuidade do negocio 


Jobs


Cada alteração realizada nas configurações ou cada teste realizado no ambiente do vault pode ser acompanhado na guia Jobs. Alem de possibilitar um histórico das mudanças. 



Nas propriedades de cada atividade é demostrado os passos realizados e informações técnicas.


Artigos Relacionados 

Referência 

Outros Idiomas