Licenciamento Microsoft On-Premisses para IaaS e SaaS

Licenciamento Microsoft On-Premisses para IaaS e SaaS

Introdução

Imagine que você possua um cenário de servidores Windows, Banco de Dados, E-mail, Páginas Web, ou serviços similares, ou um cenário em que você desenvolve aplicativos e deseja oferecer esse aplicativo como serviço para clientes diversos dentro de sua infraestrutura ou uma infraestrutura de terceiros como empresas de colocation.

Como Funciona o Licenciamento para IaaS ou SaaS

O primeiro passo é entender que existe o licenciamento que pode ser feito via CAL, CORE, PROCESSADOR, SERVIDOR ou SAL (essa última disponível em contratos SPLA) e depende do tipo de produto que você compra, porém sempre a aquisição deverá ser feita baseada nessas definições acima.

Por exemplo, quando compro o produto SQL Server, deverei adquirir via CAL + SERVER ou CORE, respeitando as definições da versão.

Porém, isso não é o suficiente para você estar legalizado, pois além desse cuidado, você precisa também entender em qual modalidade de contrato você comprará essas licenças acima descritas.

Por exemplo, você comprar licenças CORE do SQL Server em um contrato OPEN e usar para ofertar serviços a clientes externos como IaaS ou SaaS acaba ferindo os termos do contrato IUR (Direito de Uso Interno), além de muitas vezes estar gastando muito mais que o necessário.

Saiba mais lendo os contratos nesse link: http://www.microsoftvolumelicensing.com/DocumentSearch.aspx?Mode=1&Category=3

No caso de oferta de IaaS (Infraestrutura como Serviço) ou SaaS (Softwares como Serviço) você deve utilizar o contrato SPLA (Contrato de Licenciamento Para Provedores de Serviços) ao comprar essas licenças.

O Microsoft SPLA (Services Provider License Agreement - Contrato de Licença de Provedor de Serviços) é usado por provedores de serviços e ISVs (independent software vendors - fornecedores independentes de software) para licenciar os softwares Microsoft e fornecer serviços de software e aplicativos hospedados aos clientes.

Saiba mais nesse link: http://www.microsoft.com/pt-br/licenciamento/licensing-options/spla-program.aspx

Você também poderá hospedar seu aplicativo como SaaS no Microsoft Azure se desejar, ou usando a estrutura deles incluindo o SQL Server em modo de serviço, ou caso você possua um contrato SPLA, você pode seu próprio SQL na estrutura da Azure, apenas locando o Sistema Operacional e o Armazenamento.

Na dúvida, procure um revendedor autorizado da Microsoft no site do PINPOINT (Site de Parceiros Microsoft).


Classificar por: Data da Publicação | Mais Recente | Mais Úteis
Comentários
  • Alan, obrigada por compartilhar conosco essas informações relacionadas a Licenciamento. Ao escrever artigos de licenciamento, não deixe de adicioná-los ao Guia de Sobrevivência destinado a esse tópico. Outra dica é sempre adicionar o 'Veja Também' aos seus artigos, eles ajudam nossos leitores a encontrarem outros conteúdos relacionados ao tema/propósito do artigo. Abraço, Ana

Página 1 de 1 (1 itens)