Quando comecei a trabalhar com Group Policy, o primeiro comando que aprendi foi o gpupdate /force, para forçar uma atualização das configurações de Diretiva de Grupo do Active Directory no meu objeto em questão. Contudo, com o tempo passando, notei que existia outras formas de atualizar as configurações de Diretivas nos objetos, “até mais eficazes”, dependendo do contexto. 

Neste post você aprenderá as diferenças entre o gpudate e o gpupdate /force, este último mais usado.

GPupdate x GPupdate /force: Qual usar?

Embora mais usado, o comando gpupdate /force tem diferenças do gpupdate, sem o parâmetro /force. Então, qual devo usar?

De forma resumida, o comando gpupdate /force, ilustrado na figura abaixo, reaplica todas as configurações de política encontradas no Domínio, sejam elas: novas ou antigas.

0.jpg

gpupdate /force – Prompt de Comando

Já o comando gpupdate, sem o /force, ilustrado na figura abaixo, aplica somente as novas configurações de politica vinculadas ao objeto, ou seja, as mais antigas, caso não tenha alguma modificação, não são reaplicadas como é pelo parâmetro /force.

1

gpupdate – Atualizando as configurações da Política de Grupo


Como usar o comando gpupdate?

1. Logue na estação no qual deseja aplicar que as novas configurações de Política sejam aplicadas.

2. Execute o Prompt de Comando, famoso CMD, com permissões elevadas.

3. Execute o comando: gpupdate e dê um Enter no teclado. Serão aplicadas as novas configurações de Políticas de Grupo atreladas ao objeto em questão. 

Como usar o comando gpupdate, de forma remota, e em várias estações “ao mesmo tempo”?

No artigo abaixo, eu ensino a fazer isso:

https://diegogouveia.com.br/2017/12/01/atualizando-gpos-de-estacoes-usuarios-que-estao-em-uma-ou-windows-server/