Como a maioria dos produtos da Microsoft hoje em dia, você pode usar a GUI ou usar o Powershell.



O uso do Powershell   permite criar máquinas virtuais Hyper-V usando modelos sistematicamente, e você também pode automatizar todo o processo.

Criando uma VM usando o Powershell no Hyper-V

Abra o prompt de comando (CMD), digite Powershell   para entrar no   prompt do Powershell.   
 
New-VM -Nome AD -MemoryStartupBytes 512MB -Path D:\ws2012.tst



O comando acima cria uma máquina virtual chamada DC em D:\ws2012. com memória de 512 MB.

Observe que uma subpasta é criada com o nome da máquina virtual. Então, no meu caso, a máquina virtual será colocada em D:\ws2012.tstAD.

O próximo passo é criar um novo Disco Rígido Virtual em expansão dinâmica com a extensão de arquivo *.vhdx e com um tamanho máximo de 80 GB usando:

New-VHD -Path D:\ws2012.tstAD.vhdx -SizeBytes 80GB -Dynamic

O próximo passo é conectar o recém-criado Disco Rígido Virtual com a máquina virtual.

Add-VMHardDiskDrive -VMName AD -Path D:\ ws2012.tstAD.vhdx "

Conecte um arquivo *.iso para a instalação do Windows:

Set-VMDvdDrive -VMName AD -ControllerNumber 1 -Path "<path to ISO>

Inicie a máquina virtual:

Start-VM - Nome AD

Veja o status da máquina virtual:

Get-VM AD

Eu também prefiro configurar memória dinâmica para a minha máquina. Isso significa que a máquina virtual só usará a memória necessária.
Para isso, primeiro você precisa parar a máquina usando:

Stop-VM AD

Em seguida

Set-VMMemory -VMName AD -DynamicMemoryEnabled $true -StartupBytes 512MB -MinimumByte 512


Finalizando sua Maquina foi criada.